• Bem Estar - 3 dicas para evitar lesões nos exercícios físicos

3 dicas para evitar lesões nos exercícios físicos

Esforço exagerado pode comprometer cartilagens, ligamentos e tendões, afirma especialista

O verão está chegando e a correria para perder os quilos a mais acumulados no inverno provoca um aumento quase imediato no ritmo dos exercícios físicos. E muitas pessoas não se dão conta dos excessos que cometem na busca da forma perfeita. É nessa hora que as lesões acontecem com mais frequência. O corpo não está preparado para essa mudança brusca na rotina e a consequência imediata de tamanha sobrecarga são as lesões. Entre os esportistas amadores, as mais comuns são as lesões musculares de membros inferiores, de tendões e as lesões ósseas. “Estiramentos, rupturas, tendinites e até fraturas por over use (repetição de movimento) também acontecem bastante”, afirma o ortopedista chefe da Clínica Pró-Movimento, Dr. Maurício Marteleto.

Foto: Depositphotos

Foto: Depositphotos

Corra mais – As atividades aeróbicas são excelentes para quem quer acelerar o processo de emagrecimento, com o cuidado de controlar o consumo de calorias por meio de uma dieta balanceada. “A corrida estimula o sistema cardiorrespiratório gerando alterações fisiológicas como a diminuição da frequência cardíaca de repouso, redução do percentual de gordura, controle da glicemia, além de fortalecimento dos membros inferiores”, indica o médico.  Outro fator importante para essa prática, é que a corrida, além de ser uma prática democrática, pode ser praticada ao ar livre. Segundo o Dr. Maurício Marteleto, a prevenção é muito importante para quem vai iniciar às atividades, e um programa de treinamento compatível com o perfil físico de cada pessoa é essencial. “Para o esportista amador o ideal é se juntar a um grupo que tenha um preparador físico profissional. Existem várias empresas que prestam esse tipo de orientação e preparam as pessoas para provas de corrida de rua, por exemplo”.

+ Clique aqui e inscreva-se na Night Nation Run São Paulo. Use o cupom #WEBRUN para ganhar 15% de desconto!

Use o calçado adequado para cada tipo de esporte –  De acordo com o ortopedista, o calçado também deve ser a preocupação daqueles que querem prevenir lesões. O ideal é investir parte do orçamento para comprar um bom tênis que reduza o impacto. Além disso, devemos lembrar que todos os calçados têm vida útil. “No caso de esportistas que treinam todos os dias esse período é de dois a três meses. Não mais do que isso, pois o tênis perde a capacidade de absorver o impacto e pode causar lesões”, explica.

Foto: Depositphotos

Foto: Depositphotos

Não desafie a dor – Se durante a prática esportiva você sente algum desconforto nos membros inferiores é importante procurar ajuda médica. Nos casos em que o paciente relata dor durante a caminhada, além de exames específicos de imagem, o ortopedista analisa a marcha do paciente e observa o desgaste na sola do calçado para identificar possíveis alterações no caminhar. “A pisada correta gasta mais a porção lateral do calçado. Desgastes na porção interna da sola, por exemplo, é indicativo de pés planos e o médico poderá avaliar a necessidade de tratamento. Outras vezes, alterações na pisada podem sinalizar problemas na coluna. Se não tratar a causa, a lesão pode se tornar mais séria”, esclarece o especialista.  

Comentários

Tags:, , , , ,
Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade