• Alimentação - Dietas milagrosas realmente funcionam?

Dietas milagrosas realmente funcionam?

Nutricionista conta que sua saúde não pode depender de promessas

Quantas dietas milagrosas você já viu em revistas ou na internet? Ao pesquisar no Google, é possível encontrar cerca de 18 milhões de resultados na pesquisa. Em uma pesquisa similar: suplementos para emagrecer, há 5 milhões de resultados. Ao mesmo tempo, o índice de obesidade só cresce ao redor do mundo.

“Nas buscas, você pode se deparar com fármacos para emagrecimento, como pílulas. Isso é muito perigoso. Não é dessa forma que funciona, muitas dessas alternativas que prometem o emagramento imediato sequer têm embasamento”, conta Kelvin Taporosky, nutricionista.

Mesmo com o reflexo de, em média, 56% dos adultos na região sul do país estarem acima do peso, muitos acreditam nas tais “fórmulas milagrosas”, que podem mais prejudicar a saúde do que diminuir o peso. “Infelizmente, quem vende esses produtos ou cria as dietas milagrosas está vendendo um sonho, que pode até causar um efeito temporário, mas não irá se perpetuar”, afirma o nutricionista.

O caso mais recente que ilustra a afirmação de Kelvin é a exposição da atriz Cleo Pires. Há algum tempo, Cleo divulgou nas redes sociais ter feito uma dieta restritiva, conseguiu emagrecer, então acabou engordando mais de 20Kg quando o resultado temporário acabou.

+ Clique aqui e confira o calendário completo de corridas de rua!

“A nutrição e o emagrecimento são simples, mas não fáceis. Acreditar em um suplemento ou dieta milagrosa acaba sendo uma perda de tempo. Para garantir isso, basta olhar o mapa da obesidade”, conta Kelvin. Mesmo com tantas opções, a população continua em sobrepeso.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, as primeiras maiores causam de morte no mundo são doenças cardíacas e respiratórias, que são intransmissíveis. Estes problemas são adquiridos através de hábitos durante a vida, como sedentarismo e má alimentação.

“Assassinatos e acidentes de carro, que são bastante noticiados, fazem com que a população acredite que estas são as maiores causas de morte, mas não são. Todos os dias, um falecimento poderia ser evitado por uma simples mudança de hábito”, afirma.

O maior fator que desencadeia os problemas que mais matam no mundo, está ligado a obesidade, e o número de pessoas obesas apenas cresce. Aposte na sua saúde, não em uma promessa fácil que se tornou viral.

Comentários

Tags:, , , ,
Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade