Dietas que prometem milagres

Danilo Balu, colunista do Webrun da seção Nutrição, fala sobre o perigo das dietas inventadas hoje em dia. Dieta da Lua, do Sangue, etc, confira o que é real e o que é falso nisso tudo.

Acho que não há quem nunca tenha ouvido falar de alguma suposta grande dieta para perda de peso. Elas vão desde as mais improváveis (a da Lua ou tantas outras que envolvem simpatias e crendices) a outras bem específicas (a da Sopa, das Frutas, etc…) passando pelo falso cientificismo (do tipo Sangüíneo) e ainda as da última moda.

Nisso tudo, que não deixa de ser inevitável, não deixa de ser um pouco melhor saber que o nível do debate ao menos tenha melhorado com os novos gurus ao menos tentando dar algum suporte fisiológico quando tentam justificar suas escolhas. O fato é que saúde no Brasil, o país da auto-medicação, parece sempre ser assunto para qualquer um dar opinião, testemunho ou recomendação. Há para isso desde apresentadores de TVs até socialite passando por falsas autoridades no assunto.

Sendo assim, nesse mar de informação com todo tipo de validade a pessoa tem mesmo é que optar sempre por aquilo que é realmente cientifico, saudável e comprovado. Eu não demoro muito pra refutar e desaconselhar a quem me pergunta sobre o quão eficiente são as dietas da Lua e das Frutas. São dois dos exemplos que não param em pé sozinhos com seus argumentos e bases. O que faria emagrecer nelas? Nada. Absolutamente nada.

O que dizer das que levam nomes de cidade ou do seu suposto inventor? Elas nada mais são do que criar uma dieta baseada em alguns princípios (alguns corretos, outros nem tanto), recitando uma receita generalista esquecendo a individualidade e dando um nome pomposo. Algumas realmente têm fundamento, mas não há nenhuma sequer que possa ser aplicada a todos.

Outras como as do tipo sangüíneo ou a do signo (ou do que mais quer que seja) se apóiam sempre em uma farsa científica. Vai da ingenuidade do autor passando pela incompetência e a má-fé.

Talvez em tempos recentes nenhuma outra dieta tenha sido tão discutida ou tão popularizada na mídia quanto aquela criada pelo Sr. Atkins. Os estudos não são ao todo conclusivos, mas genericamente falando ela realmente parece causar uma perda de gordura corporal. Mas eu costumo falar sempre que é a um custo muito grande do ponto de vista da saúde e isso chega a ser perigoso.

Não vou nem usar o exemplo do modo como o organismo do pesquisador se encontrava quando de sua morte até por se tratar de um exemplo isolado. Mas hoje sabemos que esse tipo de dieta tem seu preço. Direto ao ponto: ela não seria saudável.

Para terminar, eu sempre evitei aconselhar que as pessoas procurassem um nutricionista para montar sua dieta visando qualquer objetivo. É quase impossível escrever isso sem parecer corporativista. Eu prefiro terminar dizendo que se você está indo atrás de informação, procure aquela confiável, fuja das invencionices ou das receitas exóticas. A Nutrição é muito mais simples do que parece, mas merece todo um cuidado por mexer com a saúde, um dos seus bens mais valiosos.

Este texto foi escrito por: Danilo Balu

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts