Conheça diferentes tipos de yoga e seus benefícios para quem pratica

Há alguns anos a prática do yoga invadiu o ocidente. A quantidade de estúdios desse arte impressiona, mas você sabia que existem vários de tipos da modalidade? A prática do yoga milenar, por exemplo, não para de ganhar cada vez mais adeptos, devido aos seus benefícios comprovados para a saúde física e mental. Ao longo de todos esses anos, a prática foi se adaptando aos costumes e às necessidades de cada época e cultura. Por isso, foram sendo criados diferentes métodos, cuja inspiração remonta a ensinamentos de mais de cinco mil anos.

Todas essas variações têm um objetivo em comum: proporcionar uma cultura de paz. A instrutora de yoga Amanda Preto fala sobre alguns tipos de yoga, e os benefícios que trazem para quem corre. Descubra-os, escolha aquele com o qual você mais se identifica e inspire-se a trazer o yoga para o seu dia a dia:

Foto: Robert Kneschke/Fotolia
Foto: Robert Kneschke/Fotolia

Hatha Yoga

Hatha é uma palavra em sânscrito e significa união (Ha = sol; Tha = lua), a conexão entre corpo e mente. Independentemente do estilo de yoga, o que todos têm em comum é estabelecer essa união entre mente e corpo, eliminando a ideia de que somos separados do resto do mundo. Do ponto de vista prático, o Hatha Yoga foca na permanência nas posturas (ásanas), prezando pelo alinhamento correto.

É um trabalho bem forte de corpo e a dificuldade da aula depende do professor que está no comando. Para dar liga à prática, a respiração é fundamental para a permanência nas posturas. Além dos ásanas, a aula é composta de meditação, pranayama (técnicas de respiração e controle de prana, energia) e relaxamento (yoga nidra).

Foto: djoronimo/Fotolia
Foto: djoronimo/Fotolia

Ashtanga Vinyasa Yoga

Criada pelo mestre indiano Pattabi Jois, é uma prática com diversos níveis e posturas fixas. O aluno começa pela série iniciante (conhecida como Yoga Chikitsa) e só passa para a seguinte quando tiver total domínio sobre todos os ásanas propostos. O Ashtanga é conhecido por tirar as pessoas da zona de conforto, pois é uma aula de alta exigência física, podendo durar mais de duas horas uma prática completa.

Participe da 2ª Corrida Mexa-se pela Vida. Clique aqui e inscreva-se!

Nela, você precisa conectar movimento com respiração (ujjayi pranayama, a respiração sussurrante) e seguir à risca toda a série proposta. A aula pode ser conduzida ou ser feita sem os comandos do professor (neste caso, o professor é um facilitador para alinhar o corpo e ajudar o aluno a ir além nos ásanas). O único ponto é que não há um momento de meditação conduzido nesse estilo, o que pode causar estranhamento para um aluno que esteja buscando esse tipo de aquietamento.

Foto: Olga/Fotolia
Foto: Olga/Fotolia

Bkram Yoga

Conhecido como Hot Yoga, virou febre em várias partes do mundo e entre celebridades. Nela, o aluno pratica em uma sala aquecida a mais de 40 graus, o que faz o corpo suar bastante e, dessa forma, aquecer rapidamente a musculatura (o que deixa o corpo mais flexível). É um série de 26 ásanas e inclui dois tipos de pranayama. O criador é o indiano Bikram Choudhury e, segundo o próprio, seu método de yoga ajuda a desintoxicar todo o corpo.

Foto: Drobot Dean/Fotolia
Foto: Drobot Dean/Fotolia

Iyengar Yoga

Estruturado pelo mestre indiano B.K.S. Iyengar, a aula utiliza muitos props (cintos, cadeira, toalha e outros acessórios) que ajudam a trazer o pleno alinhamento do corpo em cada ásana. De todas as práticas, é a mais exigente nesse sentido de consciência corporal, pois o aluno deve ficar atento a todas as ações do corpo nas posturas. Assim como as demais práticas, tem pranayama, relaxamento e meditação.

Foto: fizkes/Fotolia
Foto: fizkes/Fotolia

Hatha Vinyasa Yoga

Criado pela professora brasileira Camila Reitz, o Hatha Vinyasa Yoga mistura dinamismo e permanência. É uma prática que explora diversos ásanas, pranayama, relaxamento e meditação.

Foto: Stanislav Mamonov/Fotolia
Foto: Stanislav Mamonov/Fotolia

Vinyasa Flow

A aula preza por sincronia entre movimento e respiração, e pode ser bem intensa por conta desse dinamismo. Mas ao mesmo tempo é relaxante e prende a atenção do aluno, que precisa estar 100 por cento presente para não perder o “flow” da prática.

Foto: 4frame group/Fotolia
Foto: 4frame group/Fotolia

Benefícios para quem corre:

Todas os métodos oferecem benefícios para os corredores e praticantes de esportes. Mais força, flexibilidade, mobilidade, concentração e foco são alguns dos ganhos quando se pratica com frequência. Inclusive, dependendo do estilo de yoga, a aula serve como uma recuperação ativa depois de uma prova difícil, quando o corpo precisa de um reset para voltar ao seu estado de equilíbrio.

Corredores que fazem yoga também percebem melhoria no condicionamento e no fôlego, pois se aprende a controlar a respiração e aplicar energia da forma mais inteligente para não se cansar rápido. Sem falar que a modalidade irá trazer coisas boas para a vida – o aluno aprende a lidar melhor com a ansiedade, com os problemas e adversidades do dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gabriel Gameiro

Gabriel Gameiro

Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.

Ver todos os posts