Dr. Nabil Ghorayeb consegue importante vitória

O Dr. Nabil Ghorayeb consultor do WebRun sobre Cardiologia do Esporte, conseguiu uma importante vitória em sua luta em prol da saúde dos esportistas.

Após, denunciar através do WebRun e, notificar a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) sobre a comercialização de “suplementos vitamínicos”, cuja maioria, estão no mercado brasileiro sem autorização da ANVISA, conseguiu que o orgão os retirasse do mercado através de uma portaria publicada.

Segundo, Ghorayeb, esses suplementos são verdadeiras bombas que podem causar sérios problemas cardiológicos.

“A maioria desses produtos apresentam em suas fórmulas substâncias estimulantes como hormônio de tireóide, anfetaminas, cafeína, efedrina, e pior, são amplamente recomendados por técnicos esportivos que não tem formação nem conhecimento científico, além de não serem autorizados pela legislação brasileira para prescrever medicamentos ou orientar profissionalmente uma reeducação alimentar” denunciou Ghorayeb, que é o atual Presidente do Grupo de Estudos em Cardiologia do Esporte da Sociedade Brasileira de Cardiologia e coordena o Comitê Nacional de Prevenção da área Sedentarismo/Exercício do Ministério da Saúde.

Leia na íntegra a portaria da ANVISA

Brasília, 24 de julho de 2002
Apreendidos suplementos nutricionais sem registro

Deverão ser recolhidos do mercado oito suplementos nutricionais comercializados sem registro na Anvisa. Trata-se do Xenadrine RFA-1, DHE-25-XTRA, Melatonin, G/C 1000, Diet Fuel 90 e 60 cápsulas, Ripped Fuel 120 e 60 cápsulas da empresa Vitabrasil Comércio e Distribuição de Vitaminas Ltda, localizada em Recife (PE), conforme Resolução – RE n.º 1.295, de 22 julho de 2002.

A determinação da Anvisa deve ser cumprida imediatamente. Os produtos contêm hormônios e/ou substâncias medicamentosas de controle especial, como efedrina, proibidas em suplementos vitamínicos no país. Pela legislação brasileira, somente é permitida a venda de suplementos vitamínicos e minerais com o objetivo de nutrir, ou seja, como complementação da dieta alimentar.

No caso do Xenadrine, Diet Fuel, Ripped Fuel, a empresa promete aceleração do metabolismo, definição muscular e emagrecimento. Já o G/C 1000 é indicado para cura da artrite e artrose e o Melatonin contra a insônia.

Os suplementos são vendidos como produtos naturais (à base de plantas) sem efeitos colaterais e sem contra-indicações. É importante lembrar que toda substância medicamentosa tem contra-indicações e pode acarretar em reações adversas. A irregularidade foi denunciada pela vigilância sanitária de Pernambuco que, em inspeção na Vitabrasil, encontrou os produtos em desacordo com a legislação vigente.

A empresa tem a responsabilidade de retirar do mercado os referidos suplementos e as vigilâncias sanitárias municipais e estaduais devem fiscalizar o cumprimento da medida. Pontos de venda que não respeitarem a determinação poderão sofrer penas desde notificação a multas que variam de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão, de acordo com a Lei nº 6.437/77.

Interdição – Outra determinação da Anvisa é a interdição cautelar dos lotes 0600, 0400 e 0500 do antihipertensivo Propanolol 40 mg, fabricado pelo laboratório Sedabel Ltda, do município de Duque de Caxias (RJ) – Resolução – RE nº 1.306, de 23 julho de 2002. Análise do Laboratório Noel Nutels constatou problemas na cor e aspecto do comprimido do medicamento que deveria estar originalmente menos escuro. A interdição é válida por 90 dias, período em que a empresa tem direito a uma contraprova do laudo oficial.

Leia mais sobre Cardiologia do Esporte

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts