Emergência na pista de corrida o que fazer?

Meses atrás, um dos praticantes de corridas/caminhadas num dos parque de São Paulo, contou-nos que um amigo, tinha tido um mal súbito enquanto fazia a habitual corrida, resultando em sua morte. Preocupado, nos pede esclarecer o que fazer. Apesar de ser preocupação geral dos praticantes de atividades físicas, para manter a saúde, poucos conhecem as mínimas ações para um salvamento. Eis algumas orientações básicas:

  • Rapidamente verifique se a pessoa está acordada ou inconsciente, chamando-a e sacudindo seus ombros (não abane nem dê tapas no rosto).
  • Coloque-a deitada, reta no chão sem apoio na cabeça e de barriga para cima e tente perceber se está respirando, colocando seu rosto próximo ao nariz da vítima.
  • Peça para outra pessoa chamar o resgate. Neste momento posicione a cabeça da vítima inclinada para trás, colocando uma de suas mãos na testa e a outra levantando seu queixo.
  • Se ela não estiver respirando, posicione-se de lado e inicie respiração boca-a-boca, assoprando por 1 a 2 segundos, tapando o nariz da vítima com os dedos em pinça.
  • Logo em seguida inicie (ou quem estiver lhe ajudando) a massagem cardíaca: no meio do peito, entre as mamas, mão sobre mão, braços esticados, comprima o tórax para que afunde 3 a 5 cm, por 15 vezes seguidos da respiração por 1 a 2 segundos e assim por diante.
  • Repita esses ciclos até a chegada do resgate. Sabemos que a porcentagem de sucesso é baixa, mas pode dar resultados incríveis.

O certo seria termos nos locais freqüentados por muitas pessoas, equipes treinadas para essas emergências, sejam shoppings, parques, rodoviárias, supermercados, clubes, estádios esportivos etc. Nossos políticos bem que poderiam prestar um grande serviço, instituindo lei nesse sentido. Na verdade, o certo é conhecer seus possíveis riscos para a sua saúde, com exames clínicos periódicos com qualidade, anualmente para quem não tem nenhuma doença e semestralmente para quem faz tratamentos médicos.

Quero voltar a lembrar que medicamentos devem ser ingeridos antes de sair para a caminhada, beber água (500ml) entre uma a duas horas antes e a qualquer sintoma não habitual como tonturas, falta de ar, dores no peito, pulso irregular ou algo que lhe parece estranho durante os exercícios físicos, significa que deve-se parar imediatamente e procurar o médico.

Este texto foi escrito por: Dr. Nabil Ghorayeb

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts