• Lesão - O que é a entorse do tornozelo e quando ela é mais comum?

O que é a entorse do tornozelo e quando ela é mais comum?

A entorse do tornozelo está entre as principais queixas de pacientes em prontos socorros. Geralmente esse tipo de lesão acontece durante a prática da atividade física e é mais comum em adolescentes e adultos. “Entre os casos mais graves, 4 em cada 10 pacientes evoluem com queixas frequentes”, alerta o ortopedista Bruno Massa.

Basicamente a entorse do tornozelo consiste em uma lesão que pode ser uma distensão ou ruptura de um ou mais ligamentos que se fixam aos ossos do tornozelo. Os ligamentos são como faixas elásticas que se ligam aos ossos e que dão estabilidade as articulações.

+ Confira o calendário de corridas aqui!

Mesmo a entorse do tornozelo ser considerada comum, certas vezes ocorre o inusitado. Em alguns casos, a dor não parece ser no tornozelo, mas sim no que chamamos de mediopé. Nesta região existem algumas estruturas que podem receber o impacto e se deformar a ponto de lesionar um ligamento ou até mesmo sofrer uma fratura.

O que é a entorse de tornozelo e quando ela é mais comum?

Uma das fraturas que podem ocorrer é a do quinto metatarso (flecha roxa na ilustração). Ela ocorre no mesmo mecanismo da entorse, mas ao invés de ocorrer a lesão dos ligamentos do tornozelo, o stress é absorvido pelo tendão do músculo fibular, que se insere na base do quinto metatarso, causando a fratura.

Outra lesão que pode acontecer, principalmente em corridas tipo trail, são as Fraturas/Luxação de Lisfranc. Elas são mais comuns nas quedas de altura sobre o pé e podem ocorrer com entorse ou sem, apenas pelo impacto.

O que é a entorse de tornozelo e quando ela é mais comum?

Para não deixar um problema como a entorse do tornozelo atrapalhar o cotidiano, alguns cuidados podem ser tomados. Por exemplo, identificar a intensidade e duração dos sintomas é um alerta da gravidade de uma entorse. A dor e inchaço são as principais queixas e, quanto maior estiverem, mais grave é a lesão.

“A energia envolvida em uma torção ao correr é diferente da que ocorre em uma partida de futebol, que é diferente da que ocorre em um acidente de motocicleta. Quanto mais energia envolvida no trauma, mais grave tende a ser a lesão. A direção do movimento (posição do pé e direção da torção) também é importante e ajuda a entender as estruturas anatômicas lesionadas. Como mais comumente o pé “vira” para dentro – ou seja, ocorre uma entorse no sentido medial – as estruturas laterais são as mais frequentes (correspondendo aos ligamentos laterais do tornozelo, mais especificamente o ligamento talo fibular anterior)”, esclarece o ortopedista.

+ Garanta a sua inscrição para a Maratona de Punta del Este!

Nas crianças a fratura é mais frequente que a lesão ligamentar, isso porque o ligamento é mais resistente que a cartilagem em desenvolvimento, diferente do que ocorre com os adolescentes e adultos. Fique atento às atividades físicas, use sempre calçados adequados e confortáveis e que não dificultem o caminhar, e no caso de lesão, consulte um ortopedista para os cuidados necessários.

Comentários

Tags:, , , , ,
Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade