Estrias: por que elas aparecem e como tratá-las?

O período da puberdade é um momento cheio de estresse emocional e confusões diante de um novo corpo que se forma. Muitas vezes, essas mudanças são acompanhadas por marcas na pele que podem ser permanentes: as estrias.

Estrias vermelhas são mais recentes e normalmente mais fáceis de serem tratadas. Foto: Josephrockz4/ Licença Creative Commons
Estrias vermelhas são mais recentes e normalmente mais fáceis de serem tratadas. Foto: Josephrockz4/ Licença Creative Commons

As fissuras são ocasionadas quando algumas regiões do corpo sofrem um crescimento rápido, como ocorre na adolescência, ou em um ganho de peso repentino. Portanto, elas são distensões da derme (camada mais profunda da pele) e surgem quando ocorre um aumento de tecido muscular ou adiposo.

+ Cuide do seu corpo e prepare-se para o Mountain Do Fernando de Noronha!

Isso explica a razão pela qual as mulheres sofrem com o aparecimento das estrias em regiões como nádegas e coxas. “Essas são áreas com o maior ganho de volume durante a adolescência e a vida adulta feminina”, explica a dermatologista Camila Hofbauer.

Cores
De acordo com Camila, a diferença de coloração das marcas tem um significado. “As estrias vermelhas são as estrias mais recentes, em geral com menos de um ano de duração. Já as brancas são as mais antigas”, explica. Normalmente as estrias de coloração avermelhada são mais fáceis de serem tratadas ou removidas.

Aumento muscular também causa estrias. Foto: Taleb247/ Licença Creative Commons
Aumento muscular também causa estrias. Foto: Taleb247/ Licença Creative Commons

No esporte
Entre os esportistas, as fissuras costumam surgir em locais em que os músculos são trabalhados. “O treino proporciona um crescimento muito rápido ou excessivo. Então, a pele não consegue acompanhar a hipertrofia muscular e as fibras de colágeno da derme se rompem”, discorre a dermatologista.

Tratamento caseiro
Para diminuir o aspecto das estrias, reduzir sua coloração ou até mesmo removê-las, existem clínicas dermatológicas especializadas em realizar tratamento com laser fracionados, mas o cuidado pode começar em casa. “Hidratantes e cremes com componentes como o ácido retinóico, óleo de rosa mosqueta, colágeno e elastina, receitados por um profissional, também ajudam a evitar o aparecimento das fissuras”, revela Camila.

+ O melhor calendário de eventos do Brasil está aqui. Confira!

No caso de mulheres grávidas, manter a barriga sempre hidratada também ajuda a prevenir que as estrias apareçam. “Gestantes devem lembrar que utilizar somente o óleo não é o suficiente, pois ele somente retém a hidratação contida na pele. A sugestão é associar o óleo com um hidratante potente”, conclui a profissional.

Este texto foi escrito por: Rafaela Castilho

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts