Exames (não) médicos em academias

No final de 2003, dois eventos cardíacos em duas academias de SP, primeiro caso usuário iniciante na academia, 43 anos, sentiu tonturas e dor de cabeça no teste físico, sendo medida Pressão Arterial: 21 mmHg x 11 mmHg. Segundo caso: crise de taquicardia (aceleração dos batimentos cardíacos), náuseas e sudorese numa jovem de 22 anos também no exame da capacidade física. Tudo aconteceu durante o exame inicial de avaliação da capacidade física numa esteira ou bicicleta, também chamado por alguns, de teste de esforço, feito por professor da academia, apenas com a monitorização digital dos batimentos cardíacos.

Cenário freqüente (o dos exames físicos iniciais) nos obriga a expressar uma opinião crítica, certamente compartilhada por muitos cardiologistas. O mais lógico seria fazer a avaliação cardiológica ANTES da avaliação física, o que tem sido desprezado por algumas razões: os alunos detestam fazer exames médicos ou são mal-informados: o exame de avaliação da capacidade física por ser simples e limitado não causaria riscos e até ajudaria “descobrir” algum problema! Na verdade o que falta é a avaliação médica cardiológica prévia, acrescida do Teste Ergométrico (feito por cardiologista habilitado) seguindo-se as diretrizes da Sociedade Brasileira de Cardiologias.

Como agir então?

Uma comissão multiprofissional, composta por cardiologistas, educadores físicos, sindicato/associação das academias, estabeleceria a normatização, tudo em curto prazo, se adequando ao pretendido pela Agência de Vigilância Sanitária- ANVISA, visando o bem estar dos usuários de academias. Contatos iniciais informais que fizemos dão boas perspectivas. Vários estudos publicados, demonstraram a necessidade do exame clínico pré-participação esportiva ou para atividades físicas intensas e, principalmente, a instalação de uma estação de primeiros socorros, com equipe treinada no socorro imediato nas academias, formada pelos professores. Vamos agir, estimulando as atividades físicas, sejam esportivas ou de lazer ou de prevenção (uma necessidade atual), porém cuidando para que sejam minimizados os possíveis riscos decorrentes dos exercícios físicos sem orientação.

Praticar atividades físicas na academia é muito bom, porém, não espere ser solicitado fazer exame médico antes, tome antes essa iniciativa, previna-se e bons exercíos neste verão.

Este texto foi escrito por: MD PhD. Nabil Ghoarayeb

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts