Se exercitar periodicamente pode ajudar a prevenir câncer de próstata

O câncer de próstata é o segundo mais comum em homens, com quase um milhão de novos casos diagnosticados todos os anos no mundo. É um câncer curável, que pode variar de tumores de crescimento lento (mais comuns) aos agressivos, que progridem rapidamente. Por isso, o diagnóstico precoce da doença é crucial. O câncer de próstata encontrou uma incidência seis vezes maior nos países ocidentais do que nos países não-ocidentais, onde os fatores relacionados ao estilo de vida, dieta, genética e meio ambiente são considerados um papel fundamental.

Os pesquisadores descobriram que a baixa ingestão de carboidratos refinados e o aumento do consumo de ômega-3, proteína de soja, chás verdes, café, romã, resveratrol (presente em framboesas, mirtilos, uvas e vinho) e tomates podem reduzir o risco de câncer de próstata. Este padrão alimentar saudável inclui um alto consumo de frutas e vegetais e uma ingestão reduzida de carboidratos refinados (que podem ser substituídos por grãos integrais), carnes vermelhas cozidas demais, além de gorduras totais e saturadas.

+ Seu calendário completo de corridas de rua está aqui!

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), vários estudos também mostraram que o exercício é efetivo para diminuir o risco de câncer de próstata, apressar a recuperação do câncer já diagnosticado e diminuir as chances de recorrência. Um estudo descobriu que o exercício rigoroso, como participar de um esporte competitivo, parece dificultar a progressão do câncer de próstata em homens com mais de 65 anos.

A natação é a prática mais segura durante a pandemia?
Foto: Adobe Stock

Modalidades que podem ajudar a prevenir câncer de próstata

Beisebol

Estar com os amigos e o time são ótimos para a moral pessoal. Mesmo que saia do campo derrotado na partida, você ainda passou horas fazendo exercícios com amigos que ajudam a manter sua mente ocupada e seu corpo ativo.

Natação

É um esporte completo, que faz você refletir mentalmente além fortalecer a musculatura como um todo. E o melhor de tudo: sem se machucar.

Futebol

Certamente conta como exercício vigoroso. Correndo, pulando e jogando são ótimas maneiras de manter seu peso sob controle. Existem vários benefícios de jogar o futsal, por exemplo, pois além de ser bem rápido, tem o lado social. Tente ensinar seus filhos ou netos, enquanto mantém sua pressão sanguínea baixa e seu cardio ativo.

Tênis

É um jogo que pode ser feito como um toque suave com um amigo ou como uma partida competitiva completa, o que for melhor para você. Enquanto estiver se movendo e curtindo, aproveite.

Basquete

É outra ótima maneira de fazer exercícios cardiovasculares ao brincar com seus filhos ou netos. Eles podem ser capazes de driblar e fazer círculos, o que ajuda no seu equilíbrio e reflexo.

Artes marciais

Se você deseja alongar e relaxar sua mente com o tai chi chuan ou preferir entrar em uma rotina de caratê mais extenuante, as artes marciais combinam força e alívio do estresse com a atividade física. É perfeito para tirar a cabeça de qualquer coisa que esteja incomodando você.

+ Não fique de fora! A sua próxima corrida virtual está aqui!

Corrida
Como se preparar para as provas mesmo sem saber quando elas voltam?
Foto: Adobe Stock

Você nunca é muito velho para colocar um par de tênis e começar a correr. Se você é novo para correr, experimente baixar um aplicativo que o leve ao treinamento de 5km? Ou simplesmente aproveite para correr ao ar livre em um parque local, mantendo a sua saúde sob controle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ana Paula Simões

Ana Paula Simões

Professora Instrutora e mestre em Ortopedia e Traumatologia do Esporte da Santa Casa de SP. Membro internacional e nacional da Sociedade de medicina e cirurgia da Perna, Tornozelo e Pé. Vice presidente da sociedade paulista de medicina esportiva. Comissão da prova de título da Sociedade Brasileira de medicina do esporte. Membro da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte e da Sociedade de Traumatologia Esportiva. E também é corredora e nadadora.

Ver todos os posts