• Corridas de Rua - Fartlek: saiba os benefícios desse treino

Fartlek: saiba os benefícios desse treino

Foto: Fotolia Foto: Fotolia

Já ouviu falar em fartlek? Com certeza o nome não é estranho para quem corre. Esse tipo de treinamento pode trazer inúmeros benefícios, tanto na parte da performance, quanto para a parte psicológica do atleta. O Webrun reuniu tudo o que você precisa saber para incorporar o fartlek a sua corrida.

O que é?

O Fartlek é um treino onde o atleta deve variar nos ritmos, ora acelerando, ora trotando ou caminhando rápido, mas nunca parado. Ou seja, alternando entre uma intensidade mais alta e mais baixa.

Ele também pode ser praticado alternando o tipo de terreno, por exemplo: asfalto e areia, subida e trilha, plano e descida. O mais importante é conseguir diferenciar a sensação de esforço, já que o ritmo muda de acordo com cada solo.

Origem do fartlek

O treino foi usado pela primeira vez por um técnico de atletismo chamado Gösta Holmér, seu objetivo era ensinar os atletas a quebrar o ritmo durante provas de cross country e maratonas. O termo fartlk em sueco significa jogo de velocidade. Na década de 1940, ao chegar nos Estados Unidos, o treinamento foi adaptado e por mostrar seu potencial, de utilizar tanto o sistema aeróbico quanto anaeróbico em uma mesma sessão, acabou se popularizando entre corredores do mundo inteiro.

Diferencial do treino

O principal diferencial do fartlek é não dar descanso ao corredor. Diferente dos treinos convencionais, como o intervalado, não há recuperação passiva durante o treinamento, o atleta não pára para descansar, apenas altera a velocidade e consequentemente sua sensação de esforço.

O funcionamento dos sistemas aeróbico e anaeróbico em uma mesma sessão aumentam significativamente o condicionamento cardiovascular, promovendo adaptações bioquímicas que auxiliam no processo de eliminação de resíduos metabólicos, como o ácido láctico por exemplo, e gera em uma sessão mais curta, sobrecargas semelhantes a treinos longos ou de intensidade maior que a média .

Participe da The Color Run Faça sua inscrição aqui.

Como fazer?

Geralmente quem pratica o fartlek opta por uma das três seguintes formas:
Variando o ritmo e a distância de acordo com a disposição do próprio corredor, além de alternar o terreno, entre subidas, descidas, planos, areia e trilhas;
Variando o ritmo de acordo com a distância ou tempo determinados pelo treinador;
Ou então, realizado em grupo de corredores (de preferência do mesmo nível de preparo) onde há uma alternância de líder e cada um imprime o ritmo desejado.

O recomendado é que o corredor inicie a prática de maneira gradual, com uma ou duas alterações de intensidade, que podem ser uma caminhada mais rápida ou um trote. O importante é exigir do organismo uma troca de intensidades, porém sempre respeitando seu condicionamento físico.

Benefícios

Além de melhorar a capacidade aeróbia e anaeróbia, o fartlek permite queimar mais calorias do que outros treinos, já que mantém a intensidade sempre alta, ajuda o corredor a desenvolver a capacidade de mudar de ritmo, aumenta a resistência muscular e não é entediante, pois muda o tempo todo.

Quem faz o treino, afirma que os benefícios são inúmeros para a mente também. Apesar de desgastante para o corpo, ele tira o corredor do mesmismo nos treinamentos e busca trajetos e ganhos diferentes.

Este texto foi escrito por: Carolina Abrantes

Comentários

Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade