Fim de semana é marcado por mais medalhas brasileiras na Paraolimpíada

Odair e seu guia com a medalha de bronze (foto: Divulgação/ CPB)
Odair e seu guia com a medalha de bronze (foto: Divulgação/ CPB)

Os Jogos Paraolímpicos de Pequim vão até essa quarta-feira (17) e até agora o Brasil conquistou 13 medalhas de ouro, 12 de prata e 16 de bronze. Essa foi a melhor campanha brasileira em jogos paraolímpicos.

No atletismo o atleta Odair dos Santos garantiu mais uma medalha, o bronze dos 10 mil metros classe T12, baixa visão. Essa foi sua terceira medalha da competição. Ele também ficou com o bronze dos cinco mil metros e dos 800 metros.

Assim como o jamaicano Usain Bolt, que bateu o recorde nos 100m e nos 200m olímpicos, o brasileiro Lucas Prado também conquistou o ouro e o recorde das duas provas paraolímpicas, ambas na categoria T11, deficientes visuais totais.

Prado garantiu medalha de ouro nos 200 metros, com recorde mundial. Ele completou a prova em 22seg48 e superou o seu próprio recorde, que era de 22seg70. Ele já havia garantido o ouro também dos 100 metros na última semana.

Já a brasileira Terezinha Guilhermina também angariou mais uma medalha, o bronze nos 400 metros. Na final dos 200m categoria T11, o Brasil já tem medalha garantida. Isso porque, entre as quatro atletas participantes, duas são brasileiras. A final dos 200m acontece na terça (16) no estádio Ninho de Pássaro em Pequim.

Este texto foi escrito por: Redação Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts