Furacão Sandy pode alterar cronograma da Maratona de Nova York

Furacão Sandy matou ao menos dez pessoas em Nova York (foto: David Shankbone/ Licença Creative Commons)
Furacão Sandy matou ao menos dez pessoas em Nova York (foto: David Shankbone/ Licença Creative Commons)

A passagem da tempestade Sandy, que se tornou um furacão, pelo norte da costa leste dos Estados Unidos, nesta semana provocou a morte de ao menos dez pessoas em Nova York. Além disso, os danos causados pelo fenômeno natural na cidade podem alterar o cronograma da Maratona de Nova York, prevista para ser realizada neste domingo, 4/11.

De acordo com comunicado oficial no site da corrida, a organização não colocou em questão o cancelamento do evento. Até o momento, as palavras publicadas são de preocupação com as pessoas que moram nas áreas afetadas e os estragos causados por Sandy.

“Mais importante, por favor, estejam a salvo durante toda essa semana”, é o último trecho do texto, em inglês. Apesar dos aeroportos de Nova York estarem fechados, a organização espera que todos os atletas de elite consigam chegar a tempo para a realização da prova.

A tempestade Sandy, que no início dessa semana deixou o sul dos EUA e começou a migrar em direção aos estados mais ao norte do país, já deixou 16 mortos e mais de seis milhões de pessoas sem luz. O presidente americano Barack Obama classificou a área atingida pelo furacão como zona de catástrofe.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts