Guia para escolher o whey ideal e melhorar seus resultados

O whey protein, ou proteína do soro do leite, é extraído, normalmente, no processo de fabricação de queijos e de suplementos, sendo considerado uma proteína de alto valor biológico que fornece aminoácidos essenciais que nosso organismo não produz; por isso o whey é bastante usado por praticantes de atividade física e atletas para suprir essa uma necessidade nutricional de proteína, que é ainda maior em quem se exercita.

Se a alimentação não atinge a recomendação proteica diária adequada pode levar à diminuição da massa e da força muscular mesmo em pessoas ativas, é o que explica a nutricionista e consultora da New Millen, Karla Maciel. “Nestes casos, há uma queda do desempenho, além de outras alterações, tais como imunidade baixa, perda de apetite, alterações estéticas e entre outras”, esclarece.

+ Clique aqui e escolha sua próxima prova!

Guia para escolher o whey ideal e melhorar seus resultados
Foto: Adobe Stock

Karla contextualiza que essa situação está relacionada ao nutrition timing, termo dado à importância do consumo de macronutrientes, como carboidratos e proteínas ou apenas proteínas isoladas, em determinados horários do dia, que irão facilitar o reparo, recuperação e aumento da cicatrização. Para atingir a recomendação diária de proteínas, incluir o whey protein na rotina é uma excelente estratégia prática e versátil, garantindo o rendimento.

Mas, dentre as diversas opções disponíveis no mercado, você sabe escolher a melhor para o seu objetivo? Confira as dicas da nutricionista que irão facilitar a sua escolha:

O que é importante observar na hora de escolher o whey?

Segundo Karla, o rótulo nutricional é uma fotografia da composição do seu suplemento. Na tabela nutricional, é possível verificar a quantidade de proteína, carboidratos, gorduras, sódio, entre outras informações, como o aminograma, ou seja, quais aminoácidos e a quantidade de cada um deles presente no whey. Já na lista de ingredientes você consegue observar se há corantes, adição de carboidratos, conservantes e adoçantes utilizados.

+ Siga o Webrun no Instagram!

O que diferencia os tipos de whey entre si?

A nuticionista esclarece ainda, que os diferentes tipos de whey diferenciam-se quanto ao processo de extração, como é digerido e a velocidade de absorção pelo organismo, além de seus teores de proteínas, gorduras, carboidratos, lactose e presença de substâncias bioativas. Assim, na hora da sua escolha, você deve entender as principais diferenças entre elas e qual dos suplementos está de acordo com os seus objetivos.

Conheça mais um pouco de cada um:

– Whey protein isolado: possui maior quantidade de proteína, podendo chegar a 95% da composição e apenas pequenas quantidades ou até mesmo ausência de outros componentes, como lactose, gorduras, entre outros.
Indicação: este whey é indicado para indivíduos que devem consumir alta quantidade de proteína diariamente, ou em protocolos alimentares low carb ou cetogênico, que determinam baixo consumo de carboidratos diariamente. Normalmente indivíduos em processo de eliminação de gordura, podem se beneficiar com este whey. Pode ser utilizado por intolerantes à lactose.

+ Veja aqui como participar de uma corrida virtual! Não perca!

Whey protein concentrado: possui uma menor concentração proteica, tendo cerca de 80% de proteínas, e uma maior quantidade de outros componentes, como lactose, gorduras, sais minerais e outros, quando comparado ao isolado.
Indicação: ideal para quem procura um suplemento proteico de melhor custo-benefício, mas sem perder a qualidade e que não tenha nenhuma restrição de macronutrientes, podendo atingir um maior consumo diário deles.

Whey protein hidrolisado: pode ser adquirido tanto a partir do concentrado ou do isolado e sua característica principal é a fácil digestão, pelo fato de neste tipo, ser utilizada uma tecnologia para quebrar as proteínas em fragmentos menore. Isto acelera o processo de absorção e potencializa o efeito anabólico que, promove o aumento da massa e de força muscular. Além disso, o índice de alergia é muito menor e a redução de desconfortos gastrointestinais também.
Indicação: devido ao seu perfil, este whey é indicado para o pré ou pós-treino imediato, sem gerar desconfortos gastrointestinais e para quem deseja melhorar o processo de recuperação muscular e de produção proteica.

Blend de wheyexistem suplementos que incluem a mistura de diferentes tipos de whey num único suplemento, oferecendo uma absorção diferenciada, quando comparados aos suplementos de proteínas isoladas, além de possuir o benefício de suportar a concentração sérica de aminoácidos por mais tempo.
Indicação: ideal para o pós-treino, de forma a estimular a síntese proteica e evitar o catabolismo.

Leia também:

– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?
– Conheça os principais benefícios da caminhada para a saúde
– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 

– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts