• Hidratação - Hidratação durante a prova: existe uma maneira correta?

Hidratação durante a prova: existe uma maneira correta?

A hidratação durante a prova pode ser considerada como um dos pilares para o bom desempenho, atingir os objetivos e poder aproveitar todos os benefícios oferecidos pela corrida. No entanto, o ato de beber água durante o exercício pode atrapalhar o seu rendimento e causar mais dor de cabeça do que você imagina.

Hidratação durante a prova: existe uma maneira correta? - Foto: Agência Brasília

Foto: Agência Brasília

Por isso, o nutricionista da Estima Nutrição, Dr. Alan Tiago Scaglione, esclareceu algumas dúvidas sobre a hidratação e explicou como deve ser realizada de maneira correta. O especialista afirma que “não existe quantidade ideal, isso varia de pessoa para pessoa. Muitas pessoas praticantes de corrida, por exemplo, se sentem mal tomando água durante um percurso curto, já algumas pessoas se sentem mal se não se hidratar, mesmo em pequenas distâncias. O certo é se hidratar muito bem durante a semana da competição, principalmente no dia anterior e no dia da prova, até 30 minutos antes. Isso devido à vontade de ir ao banheiro que pode ocorrer, mas a hidratação deve ser correta todos os dias”.

+ Confira aqui o seu calendário completo de corridas de rua!

Hidratação durante a prova: como deve ser feita?

Em atividades como a musculação, o indicado é tomar pequenos goles de água entre as séries. Já em corridas longas (21 e 42K), é importante se hidratar nos pontos de água, juntamente com a ingestão de carboidratos (principalmente em forma de gel). Alan completa que durante corridas acima de 1 hora de duração, e em exercícios muito intensos (por exemplo o HIIT), é necessário tomar cuidado com a quantidade a ser ingerida, para não causar desconforto gástrico e comprometer os resultados.

“A temperatura da água ingerida não interfere na recuperação muscular nem na hidratação, deve-se tomar a quantia certa durante o dia, independente da temperatura”, explica o nutricionista .

Embora a hidratação na semana da prova seja essencial, o excesso de água pode ser prejudicial a saúde. No entanto, o corredor deve ingerir uma quantia muito grande para que isso aconteça, sendo mais fácil a pessoa passar mal por falta de água, do que pelo excesso. Durante a prova, caso seja ingerida muita água, o atleta pode ter sintomas como náuseas, e dependendo da modalidade, o excesso pode atrapalhar seu rendimento, devido o desconforto gástrico.

“Geralmente, é indicado de 30 a 40ml de água por kg de peso durante o dia todo, por exemplo, uma pessoa que pesa 80 kg x 30ml = 2,4 litros de água por dia”, recomenda Alan.

Durante a atividade, o participante pode adicionar repositores hidroeletrolíticos na água para repor minerais perdidos na sudorese, evitando a queda de rendimento pela eliminação destes minerais, principalmente o sódio. Alan completa que “também podem fazer a reposição de glicogênico adicionando carboidratos (maltodextrina, palatinose, waxy maize, dextrose, etc dependendo da intensidade) na água durante o treino, isso ajudará a melhorar o rendimento durante a atividade física.

+ Conheça o Circuito Asics de Corridas aqui!

*Fonte: Alan Tiago Scaglione (CRN 45336), nutricionista da Estima Nutrição.

Comentários

Tags:, , , ,
Leonardo Boscolo
Sou um apaixonado por esportes e aspirante a corredor. Um jornalista que vê na corrida um mundo de objetivos a serem alcançados, realizações pessoais e a oportunidade de se tornar cada dia uma pessoa melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade