História da modalidade Caminhada

Saiba os principais fatos da história da modalidade Caminhada

Histórico da Caminhada Mundial

  • 1589: Sir Robert Carey caminha 300 milhas, de Londres a Berwick por uma aposta.
  • 1762: John Hague andou 100 milhas em 23 h 15’.
  • 1801-1803: Johann Gottfried Seume anda da Alemanha à Sicília e volta; parte então para a Rússia, Finlandia e Suécia (1805-1807).
  • 1864: É formado o “Floresta Negra” de Wanderverein, o primeiro clube de caminhantes mundo.
  • 1860-1903: a idade do pedestrianismo – andar é o principal esporte na Europa e na América. Grandes somas são pagas em dinheiro, mais do que aos jogadores de basquete da atualidade; o equivalente a 100 anos de salários em um dia.
  • 1861: Edward Payson Weston, “o pai do pedestrianismo moderno” faz sua primeira grande caminhada.
  • 1867: Weston anda de Portland, Maine a Chicago, Illinois (1326 milhas) em 25 dias, ganhando $10.000, hoje equivalente a 1milhão de dólares.
  • 1874: Weston anda 500 milhas em seis dias consecutivos. Daniel O’Leary quebra seu registro e transforma-se no “andarilho campeão do mundo”.
  • 1877: Mary Marshall caminha 50 milhas em 12 horas.
  • 1879: Charles Rowell ganha $50.000 em duas provas de 6 dias, a categoria feminina é vencida por Bertha Von Berg, com uma distância de 372 milhas e prêmio de $1000.
  • 1911: Primeiro clube de caminhantes dos EUA, fundado na ilha de Coney.
  • 1968: Aparecem os eventos organizados da caminhada não competitiva.
  • 1987: Forma-se a liga internacional de caminhada.
  • Na década de 90, andar é a forma mais popular de exercício no mundo e só nos EUA conta com 65 milhões de praticantes regulares, superando todas as outras formas de esporte e exercício.

Histórico da Caminhada no Brasil

  • Em 1957, assim que voltou da Europa, Antonio Glayr Santarnecchi fundou o Clube dos Andarilhos de São Caetano do Sul, tornando-se o pioneiro nessa área movido pelo senso esportivo que desenvolveu por lá.
  • Em 1958 Santarnecchi organizou a “1o Volta do ABC a Pé” no dia 1o de maio, e em julho a “1o Viagem a Santos a Pé”, consolidando o Clube dos Andarilhos.
  • No início da década de 60 surgem as provas de “6 horas”, “12 horas”, “24 horas”, subida de montanhas e “A Grande Caminhada” de 4 dias, vencida na primeira edição por Santarnecchi e Antonio Ferreira que estabeleceram o recorde de 401 km, batido em 1981 por Givaldo Triunfo com 417 km. Nestas distâncias destacavam-se Fernando Elias e Sebastião Bueno do Prado.
  • Em 1970 foi criado o departamento de andarilhos na Federação Paulista de Atletismo dirigido pelo Santarnecchi, e atualmente dirigido pelo também andarilho Gilberto Prieto.
  • 1977 – Em comemoração ao centenário de São Caetano do Sul, foi realizada a 1o Volta do Estado de São Paulo a Pé com percurso de 1598 km; em 1982 a 2o Volta teve 5077 km de percurso.
  • Setembro de 1984, Santarnecchi vai a pé de São Paulo a Porto Alegre em 27 dias para os 1337 km.
  • 1985- Santarnecchi completou sua milésima caminhada; em1987 atingiu os 40.000 km (1o volta ao mundo pela linha do Equador) e em 1998, a 3o volta ao atingir os 120.000 km em caminhadas.
  • 2000- Em comemoração aos 500 anos do descobrimento do Brasil, foi realizada a 1o Volta a Pé de Caçapava com 500 km de percurso passando por locais turísticos e ecológicos da cidade.

Referências
Santarnecchi, D. G. Caminhos de Um Andarilho; 10,4 Voltas ao Redor da Terra. São Caetano doSul, 2000

Este texto foi escrito por: Cláudio Luis Bertolino

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts