IAAF revela que Mundial de Atletismo não teve doping

A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) divulgou nessa sexta-feira que o Mundial de Osaka, no Japão, não teve caso de doping. De acordo com a IAAF, apenas um caso deu positivo, mas foi de um atleta que estava fora da competição durante treinamento.

Para o presidente da IAAF, Lamine Diack, ele ficou satisfeito com os resultados do Mundial. E segundo ele, o teste positivo foi do velocista francês Naman Keita que estava num camping de treinamento no Japão. O resultado do teste acusou o uso de testosterona.

Ao todo foram analisados 1132 amostras coletadas antes e durante as competições, sendo que 976 atletas participaram do Mundial. A IAAF coletou amostras de urina para detectar o uso de EPO e também amostras de sangue para averiguar o uso de transfusão sanguínea em atletas.

Após divulgar os resultados para a imprensa, o presidente da IAAF revelou que nos próximos 12 meses haverá um intenso programa antidoping visando as Olimpíadas de Pequim.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts