Imagens e histórias do Triathlon no XTerra Ilhabela

O fim de semana foi agitado para quem esteve em Ilhabela, por mais um ano a Praia do Perequê recebeu a arena do XTerra e diversos atletas do Brasil inteiro. O evento contou com as provas de endurance, triathlon, stand up, night run e kids.

A largada do triathlon foi no sábado (07) às 8h e os guerreiros nadaram 1,5 quilômetro, pedalaram com bikes de MTB 22,2 e correram 9,3 quilômetros no trail run. Acha que foi fácil? Olha só como a segunda colocada Laura Mira Dias chegou após dar tudo de si.

A atleta contou que está foi sua melhor perfomance em uma prova de triathlon e chegou exausta ao final do percurso.

Laura, segunda colocada, após cruzar a linha de chegada Foto: Christina Volpe/Webrun
Laura, segunda colocada, após cruzar a linha de chegada Foto: Christina Volpe/Webrun

A triatleta Vanessa Cabrini voltou a competir em provas de triathlon após anos parada, ela que participou do primeiro XTerra em Ilhabela no ano de 2005 está voltando com todo gás e conquistou a quinta colocação nesta última etapa.

Cabrini participou da etapa de Ilha Comprida e foi a primeira atleta a sair da água, tanto entre os homens quanto entre as mulheres Foto: Christina Volpe/Webrun
Cabrini participou da etapa de Ilha Comprida e foi a primeira atleta a sair da água, tanto entre os homens quanto entre as mulheres Foto: Christina Volpe/Webrun

Bons momentos são feitos para serem compartilhados e a opção do revezamento no triathlon é uma forma de incentivar e viver junto aquele momento. Foi o caso da família Maciel, vindos de Jacareí, interior de São Paulo a equipe composta pelo ciclista Willian Flores Maciel, de 69 anos, seu filho, o corredor Willian e sua esposa Taila que participou da etapa da natação estavam animados durante toda prova.

A equipe Família Maciel vibrou muito ao cruzar a linha de chegada Foto: Christina Volpe/Webrun
A equipe Família Maciel vibrou muito ao cruzar a linha de chegada Foto: Christina Volpe/Webrun

O campeão do triathlon Albert Soley se mostrou incansável, além de conquistar a primeira colocação em sua especialidade, ele também correu os 9,4 quilômetros da night run e consagrou-se campeão.

O campeão do triathlon e da Night Run 9,4km durante a transição da bike para a corrida Foto: Christina Volpe/Webrun
O campeão do triathlon e da Night Run 9,4km durante a transição da bike para a corrida Foto: Christina Volpe/Webrun

O paranaense Cristiano Bernardo protagonizou junto com sua filha Camila uma chegada emocionante. A pequena correu animada e contou ter muito orgulho de seu pai: “mas o que eu quero mesmo é ser ginasta”, diz.

Cristiano e sua filha Camila eram pura emoção nos últimos metros da prova Foto: Christina Volpe/Webrun
Cristiano e sua filha Camila eram pura emoção nos últimos metros da prova Foto: Christina Volpe/Webrun

O empresário e treinador de Brasília, Filipe Albuquerque Aragão, foi o melhor amador do triathlon e dedicou a prova a sua esposa, com quem está comemorando cinco anos de casado. “A prova foi fantástica, nunca imaginei que conseguiria essa colocação. Estarei no Havaí para o mundial”, diz.

Filipe, o melhor atleta amador do triathlon dedicou a prova ao seu aniversário de cinco anos de casamento Foto: Christina Volpe/Webrun
Filipe, o melhor atleta amador do triathlon dedicou a prova ao seu aniversário de cinco anos de casamento Foto: Christina Volpe/Webrun
Christina Volpe

Christina Volpe

Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.

Ver todos os posts