• Treinamento - Entenda a importância de saber o seu pace para melhorar a performance na corrida

Entenda a importância de saber o seu pace para melhorar a performance na corrida

Saiba quais são os pontos fundamentais para baixar seu tempo e aumentar sua velocidade

O pace nada mais é do que o ritmo de corrida de uma pessoa. Saber seu pace é importante para mensurar e planejar treinos, preparar estratégias e dosar o ritmo em determinados momentos de uma prova, como na largada, subidas, descidas e até na chegada.

Para quem busca performance na corrida, quanto mais baixo o pace, melhor. Ele é uma forma de medir sua velocidade média na corrida em minutos por quilômetro, ou seja, quantos minutos você leva para percorrer um quilômetro. Descobrir o seu tempo não é algo complexo; a grande questão entre os corredores é: como diminuir o pace?

É natural algumas pessoas conseguirem isso mais rápido do que outras, ainda que fazendo o mesmo treinamento. A evolução está totalmente ligada aos fatores biológicos de cada indivíduo, além da dedicação e comprometimento com os treinos.

De acordo com o treinador de corrida Nelson Evencio, é de extrema importância o atleta acompanhar a variação do seu ritmo para aprimorar o desempenho. Sabendo o pace o corredor distribui melhor a corrida, não gastando mais energia do que deveria. A melhor forma de diminui-lo é realizando treinos de alta intensidade, principalmente os intervalados e os fartleks, afirma Nelson.

+ Clique aqui e escolha seu próximo desafio na corrida!

A ortopedista e corredora Ana Paula Simões listou três pontos fundamentais para quem está neste processo de evolução na corrida e quer diminuir o tempo médio:

  1. Treinamento

Treinar com a assessoria e fazer treinos de tiro ajudam bastante, já que além de melhorar a velocidade, também contribuem na resistência do corredor. É importante ter uma planilha e muita dedicação para trabalhar diversos pontos.

  1. Fortalecimento

É impossível diminuir o pace sem ter condicionamento físico, por isso é essencial fazer musculação e outros tipos de atividade que trabalhem o corpo. “O fortalecimento é a chave para melhorar o desempenho”, ressalta a ortopedista.

  1. Corrigir o gesto esportivo

Fazer treinos funcionais para melhorar a postura da corrida e até mesmo a pisada, também são fatores importantes para o desempenho. Quem pisa torto tem mais dificuldades de diminuir o pace rapidamente, esses vícios sempre precisam ser corrigidos, afirma Ana Paula.

Foto: Fotolia

Mas e quando o corredor é iniciante?

O treinador da Fit360, Cláudio Wallace de Souza, explica que quando o corredor é iniciante deve ficar mais atento às reações do corpo do que ao tempo em que corre. Uma vez que está em adaptação, o ritmo não é o primordial e sim as reações do corpo. Já em estágios intermediários ou avançados, o pace é importantíssimo e aprender a controlá-lo é primordial para evolução.

A principal dica é utilizar relógio ou GPS para acompanhar a velocidade. No entanto, atletas mais experientes costumam trabalhar com percepção de esforço, assim fica mais atento sem o relógio, afinal se a bateria acabar em uma prova é preciso saber como se sente em determinado ritmo. Entretanto, é válido ressaltar que mais importante do que o tempo, é saber respeitar seus limites; alcançar o pace dos sonhos não é um projeto a curto prazo, é preciso muito treino e comprometimento.

 

Comentários

Tags:, , , , ,
Carolina Abrantes
Estudante de jornalismo, já metida a repórter. Encantada pelo mundo dos esportes e pela forma como eles podem mudar a vida das pessoas.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade