Imprensa mundial repercute vitória de Marílson

A vitória de Marílson Gomes na tradicional Maratona de Nova York chamou a atenção da imprensa mundial e todos se dizem surpresos com o resultado do brasileiro, que se manteve fora dos holofotes e conquistou seu espaço. O site do jornal americano New York Times destaca na página de esportes o título “Brasileiro surge à frente e surpreende”.

O site ainda destaca o fato de Marílson ter corrido sozinho por cerca de 11 quilômetros sem sofrer ameaça de outros atletas e lembra que da última vez que um brasileiro liderou uma maratona internacional por tanto tempo, “coisas estranhas aconteceram”. O jornal se refere à disputa da Maratona nos Jogos Olímpicos de 2004, ocasião em que Vanderlei Cordeiro foi empurrado por um padre irlandês.

Já a página do também americano New York Post, traz uma foto do brasileiro na capa com o título “Brazen Brazilian”, algo como “brasileiro descarado”. O site afirma que Paul Tergat, um dos favoritos à vitória, disse que não conhecia Marílson, mas “não importa se ele conhecia a identidade ou a habilidade do atleta, o que importa é que ele deu uma lição no queniano e nos outros competidores”.

Na Itália, o tradicional Gazseta dello Sport traz o título “Nova York: triunfo de Gomes”. De acordo com o site do jornal, a vitória de Marílson deixou os organizadores mais do que satisfeitos, já que foi a primeira vitória de um sul-americano na prova da “Big Apple”.

Curiosamente, apesar de Marílson ter sido o primeiro sul-americano a vencer a Maratona de Nova York, nenhum jornal online do continente noticiou a vitória do brasileiro.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts