K42 chega à Espanha com percurso desafiador para os participantes

A região montanhosa foi um desafio a mais para os corredores de fora (foto: Divulgação)
A região montanhosa foi um desafio a mais para os corredores de fora (foto: Divulgação)

O principado de Astúrias, na Espanha, foi palco da quinta etapa do circuito K42, no último sábado (25/06) e reuniu 127 corredores para percorrem 42 quilômetros sobre as montanhas. Entre os participantes do primeiro grupo a chegar no país estavam Gustavo Reyes e Loreto Caro, vencedores da prova de Santiago do Chile.

Com uma chuva torrencial, às 9h da manhã, saíram todos os corredores em direção ao caminho indicado pela guarda civil espanhola. Nos primeiros 800 metros, o único trecho asfaltado, os atletas estavam em ritmo disparado, sem pensar no trajeto que estava por vir.

Já os corredores locais, conhecedores da montanha, sabiam que era necessário encarar primeiro um caminho bastante estreito e a experiência do asturiano Jordi Fernando fez com que ele liderasse a prova até o primeiro posto de hidratação.

Dez segundos após Fernando, estavam Gustavo Reyes e mais um grupo de seis corredores – todos em ritmo forte -, mas que ainda assim gastaram 90 minutos nos 11 quilômetros iniciais. Naquele momento, a dificuldade do circuito e as condições climáticas não ajudavam, com a visibilidade de apenas cinco metros à frente.

Metade da prova – Quando estes atletas passaram pelo quilômetro 22, as coisas melhoraram um pouco. A chuva parou e já era possível visualizar com segurança as bandeiras que marcavam o caminho a seguir. A partir daí, o corredor Reys ultrapassou os competidores Jordi Fernando, Bello Alvarez e Rodrigo Gonzalez.

Ainda entre os homens, no quilômetro 33, na altura da Basílica e do monumento de Pelayo, as posições estavam inalteradas. Reyes ainda mantinha dois minutos de vantagem sobre os adversários e, justamente neste trecho, quando os competidores se aproximavam da última e mais perigosa ladeira, a chuva voltou a castigá-los.

Foi aí que uma equipe de espanhóis passou a ficar mais unida. Porém, a sabedoria de Reyes de como administrar a energia nas montanhas fez com que ele chegasse como primeiro colocado e fosse aplaudido por um grande público.

Mulheres – No feminino, muitas mulheres superaram vários homens durante o percurso e foram exemplo de como transitar pelos caminhos sinuosos. A chilena Loreto Elizondo, ganhadora da etapa anterior da K42, chegou a competir com Eva Fernandez, a ganhadora da prova na Espanha, mas estava muito cansada, já que na véspera da disputa havia passado o dia viajando.

Reyes foi o primeiro homem com 4h24min13, seguido por Eulogio Álvarez com 4h24min46 e Rubén González com 4h25min39. No feminino, Eva marcou 5h46min49, seguida por Lorezo Ortega com 5h57min40 e Nerea Badiola com 5h58min01. A próxima etapa do circuito será a grande final, a Salomon K42, da Argentina, no dia 13 de novembro, em Villa La Angostura. As inscrições estão abertas no site www.patagoniaeventos.com.br.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts