Keitany e Kipsang vencem em Londres; Solonei está fora das Olimpíadas

Mary Keitany é agora a terceira maratonista mais rápida de todos os tempos (foto: SNappa2006/ Licença Creative Commons)
Mary Keitany é agora a terceira maratonista mais rápida de todos os tempos (foto: SNappa2006/ Licença Creative Commons)

Os quenianos Wilson Kipsang e Mary Keitany venceram a Maratona de Londres neste domingo (22/04), com grande desempenho. Os brasileiros Marílson Gomes e Solonei Rocha também correram a prova londrina, terminando em oitavo e décimo-oitavo, respectivamente.

Com o resultado, Marílson ratifica sua classificação para a Maratona dos Jogos Olímpicos em agosto, enquanto Solonei fica de fora. Apesar de ter feito tempo dentro do índice, sua marca é até o momento apenas a quinta entre os brasileiros, e apenas três vão aos Jogos – o prazo para a conquista do índice é 29 de abril.

Keitany faz melhor marca do ano– A temperatura de 9°C na largada feminina (às 9h locais) era um indicativo de boas marcas. Conhecida por correr forte, sem se poupar, Mary Keitany deixou a prova correr até a metade desta vez.

A alemã Irina Mikitenko tentou acompanhar o pace das coelhas (marcadoras de ritmo), mas logo caiu. A etíope Ejegayehu Dibaba também chegou a liderar, mas não aguentou e abandonou a prova.

Depois dos 21 quilômetros, Keitany começou a forçar e foi seguida apenas pelas compatriotas Edna Kiplagat, Florence Kiplagat e Priscah Jeptoo. Não demorou para que apenas Keitany e Edna ficassem à frente, e a primeira pisou fundo para se tornar a maratonista africana mais rápida de todos os tempos e a terceira maratonista mais rápida da história, atrás apenas de Paula Radcliffe e Liliya Shobukhova.

Sua marca, de 2h18min37, é também a melhor do ano e a credencia como uma das favoritas para a disputa da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos. Edna foi a segunda e Priscah que é a atual vencedora da São Silvestre a terceira.

Kipsang força coelhos– A prova masculina teve diversos pontos altos. Entre eles, a pressão exercida pelos quenianos nos coelhos. Primeiro Patrick Makau recordista mundial ultrapassou os dois marcadores, sinalizando que eles corriam abaixo do pace projetado.

Depois, Wilson Kipsang (que detém o segundo melhor tempo da história, quatro segundos abaixo do de Makau) passou a correr ao lado dos dois, pressionando-os a acelerar. Makau, no entanto, não aguentou o próprio ritmo forte que impôs aos marcadores e abandonou a prova o que pode lhe custar uma vaga nos Jogos Olímpicos.

Na metade final, apenas o queniano Abel Kirui (bicampeão mundial) e o etíope Feyisa Lilesa brigavam pela ponta com Kipsang. Na altura dos 35 quilômetros, Kipsang se desgarrou e partiu para a vitória, sozinho, em 2h04min44, segunda melhor marca do ano e resultado que certamente o garante nas Olimpíadas.

Show de Lel– Kirui e Lilesa perderam forças e foram ultrapassados por diversos corredores nos momentos finais. Tsegaye Kebede, da Etiópia, parecia ter o segundo lugar garantido quando Martin Lel tricampeão em Londres, bicampeão em Nova York e quarto na última São Silvestre acelerou como um velocista para ficar com a segunda colocação, mesmo lugar de 2011.

Confira os resultados da Maratona de Londres 2012:

Masculino

  • 1º Wilson Kipsang (QUE) 2h04min44
  • 2º Martin Lel (QUE) 2h06min51
  • 3º Tsegaye Kebede (ETI) 2h06min52
  • 4º Adil Annani (MAR) 2h07min43
  • 5º Jaouad Gharib (MAR) 2h07min44
  • 8º Marílson Gomes (BRA) 2h08min03
  • 18º Solonei Rocha (BRA) 2h14min57
  • Feminino

  • 1ª Mary Keitany (QUE) 2h18min37
  • 2ª Edna Kiplagat (QUE) 2h19min50
  • 3ª Priscah Jeptoo (QUE) 2h20min14
  • 4ª Florence Kiplagat (QUE) 2h20min57
  • 5ª Lucy Kabuu (QUE) 2h23min12
  • Este texto foi escrito por: Paulo Gomes

    Redação Webrun

    Redação Webrun

    Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

    Ver todos os posts