Kipchoge anuncia retorno à Maratona de Londres 2018 para manter título e conquistar terceira vitória

O campeão olímpico Eliud Kipchoge retornará à Maratona de Londres, que acontece no dia 22 de abril. O queniano, estrela de seu país, ficou em 2015 a apenas oito segundos do recorde mundial de 2h02min57. Agora ele retorna para reafirmar seu status como maior corredor de maratona de sua geração.

Kipchoge foi campeão olímpico em 2016 e também o melhor corredor no projeto Breaking2, da Nike Foto: Marcelo Machado/Fotoarena
Kipchoge foi campeão olímpico em 2016 e também o melhor corredor no projeto Breaking2, da Nike Foto: Marcelo Machado/Fotoarena

“Ganhei a prova em 2015 e 2016, são dias que nunca vou esquecer. Fiquei tão perto do recorde da última vez e é natural pensar que realmente poderia ter chego lá, mas essa prova me deu confiança para vencer a maratona olímpica no Rio e ter ótimos resultados ao longo deste ano”, diz o simples e ao mesmo tempo talentoso fundista.

Agora o queniano vai em busca de seu terceiro título na Major Foto: Divulgação Facebook
Agora o queniano vai em busca de seu terceiro título na Major Foto: Divulgação Facebook

Depois de vencer Londres em 2015, Kipchoge conquistou o ouro nas Olimpíadas e tornou-se o maratonista mais rápido do mundo (não oficialmente), ao correr os 42 km em 2h00min25, no desafio do Breaking2, realizado pela Nike em Monza, na Itália.

Sua última grande competição foi a Maratona de Berlim em setembro. A competição, por ser considerada a mais propensa a estabelecer recordes devido percurso, gerou grandes expectativas no mundo todo. Mas a marca não veio, ele terminou com os (incríveis) 2h03min32 – 36 segundos da marca estabelecida por seu compatriota Dennis Kimetto, na mesma prova em 2014.

Participe da Corrida São Sebastião. Inscreva-se aqui!

“Berlim foi difícil porque o clima não estava bom, mas meu tempo mostrou que estou em boa forma. A competição é sempre difícil em Londres, então devo esperar, treinar muito e ver qual será o clima. Sei que tenho o recorde mundial em mim, então teremos que esperar e ver o que acontece”, conta Kipchoge.

Além do queniano, o campeão olímpico britânico Mo Farah também já é presença confirmada debutando no evento. Será sua primeira prova de longa distância nas ruas depois de se aposentar das pistas. Ele é bicampeão olímpico dos 5.000m e dos 10.000m

Mo Farah também será uma das estrelas da competição ao debutar na prova Foto: Divulgação Facebook
Mo Farah também será uma das estrelas da competição ao debutar na prova Foto: Divulgação Facebook

Se vencer em Londres, o resultado dará a Kipchoge o primeiro lugar na tabela de classificação das Majors Marathons e o prêmio. A série é composta por Tóquio, Boston, Londres, Berlim, Chicago e Nova York.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Christina Volpe

Christina Volpe

Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.

Ver todos os posts