Lucélia Peres, campeã da São Sivestre em 2006, quer conhecer nova rota

Lucélia Peres participa da prova desde 1996 (foto: Sérgio Shibuya / ZDL)
Lucélia Peres participa da prova desde 1996 (foto: Sérgio Shibuya / ZDL)

Embora participe da São Silvestre este ano, a brasiliense Lucélia Peres, 30, última atleta do Brasil a ganhar a disputa há cinco anos, diz que não tem o objetivo de vencer nesta edição. “Sofri uma lesão no pé esquerdo ano passado e não consegui treinar forte como deveria para conquistar o título novamente”, explica a corredora, também vice-campeã em 2004.

“Quero fazer um reconhecimento do novo percurso, que este ano é diferente, para em 2012 entrar na disputa e ganhar”, acrescenta Lucélia, que ainda não tem opinião formada sobre a alteração do trajeto. Para ela, entretanto, a chegada na Av. Paulista era bastante agradável. “Era uma alegria ver o pessoal que aparecia no local para comemorar o réveillon”, diz.

Desde 1996 a corredora briga por uma boa colocação ao lado dos africanos e não competiu apenas duas vezes, em 2008 e 2010, por conta de lesão. “Gosto de correr a São Silvestre porque o evento gera bastante expectativa sobre quem será o vencedor. Além disso, a gente descobre como está nosso nível técnico em relação aos demais atletas de elite”, diz a brasiliense.

As duas maiores provas que Lucélia esteve presente nesta temporada foram a Golden Four, em Brasília, e a Volta da Pampulha, sendo que nesta última a atleta chegou em 16ª colocação. “Participo dessas corridas como preparação, em busca de bom condicionamento para 2012, já que desejo uma vaga no Sul Americano e no Mundial de Cross Country”, finaliza.

Este texto foi escrito por: Monique Barleben

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts