Maratona de Londres tem mais duas baixas no pelotão de elite

Radcliffe já era um dos desfalques confirmados (foto: Donata Lustosa/ www.webrun.com.br)
Radcliffe já era um dos desfalques confirmados (foto: Donata Lustosa/ www.webrun.com.br)

Faltando quase um mês para a realização da Maratona de Londres (26 de abril) os organizadores anunciaram que um total de três corredores de elite não estarão no field devido a problemas de saúde. A britânica Paula Radcliffe integra a lista, já que havia anunciado anteriormente sua não participação em decorrência de um dedo do pé quebrado durante os treinos de altitude no Novo México.

A recordista da categoria, com 2h15min25 já havia deixado a prova fora de seu calendário ano passado por uma lesão no tendão. Essa semana mais dois nomes foram tirados da lista, entre eles o da também britânica Jo Pavey, de 35 anos, bronze na Copa do Mundo de 2002 nos 5.000m e que faria sua esteia nos 42,1 quilômetros.

Com três participações olímpicas pela Grã Bretanha competindo nos 1.500m; 5.000m e 10 mil metros, ano passado ela estabeleceu sua melhor marca nos 10 mil em Pequim ao completar com 31min12seg30. Sua desistência deve-se ao fato de estar grávida, o que deixa Mara Yamauchi como a grande esperança da Inglaterra por um lugar ao pódio.

Já no pelotão masculino o olímpico Viktor Röthlin, que quebrou duas vezes o recorde nacional para a Suíça com 2h07min23, foi diagnosticado com embolia pulmonar e pneumonia. Bronze no Mundial de 2007 com 2h17min25, ele foi o sexto colocado em Pequim com 2h10min35 e adoeceu durante treinamento no Quênia. Sua recuperação deve levar pelo menos um mês e ele ainda corre o risco de ficar de fora do Mundial em agosto próximo.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts