Maratona de Tóquio tem quebra de recorde masculino e feminino

Iniciando o circuito das World Majors Series 2017, a Maratona de Tóquio teve cerca de 35.000 participantes e quebra de recorde no percurso feminino e masculino com uma dobradinha do Quênia: Sarah Chepchichir (2h19min27) e o ex-recordista mundial Wilson Kipsang (2h03min58). Chepchirchir melhorou seu tempo pessoal em cerca de 4 minutos, enquanto Kipsang não conseguiu bater seu recorde por apenas 45 segundos.

Na edição de 2017 os favoritos eram os quenianos Wilson Kipsang (2h03min13), Dickson Chumba (2h04min32) campeão da edição 2014, os etíopes Tsegaye Kebede (2h04min38) e Tadese Tola (2h04min49) e o também queniano Bernanrd Koech (2h04min52).

No feminino as favoritas eram Lucy Kabuu do Quênia (2h19min34), as etíopes Amane Beriso (2h20min48), Amane Gobena(2h21min51), Birhane Dibaba (2h22min30), campeã da edição 2015 e Sarah Chepchichir (2h24min13).

Foto: Maratona de Tóquio\Facebook
Foto: Kamel Turismo\Facebook

Corrida Masculina

Os primeiros 5 km foram alcançados em 14min14 por 13 atletas, mais rápido que na mesma prova do ano passado, que foi em 14min59. Se todos mantivessem esse ritmo, a prova poderia terminar com 2h00min06. Os outros 5 km foram atingidos por 15 atletas em 28min50, quase um minuto a menos que ano passado, mantendo esse ritmo a prova acabaria com 2h02min42 e daria um recorde mundial para o campeão.

Os primeiros 25 km chegaram em 1h12min46, com 6 atletas na disputa do primeiro lugar. Nos 5 km seguintes os atletas nos surpreenderam novamente, fizeram em 14min40. Dessa vez apenas 3 corredores que cruzaram os 30 km em 1h27min27. É dos 30 km aos 35 km que as pessoas costumam deixar o ritmo cair um pouco, com Wilson Kipsnag não foi diferente. Ele fez estes 5 km em 15min10. O queniano conseguiu abrir uma distância de 1min25 no então segundo colocado. Passou os 35 km em 1h42min27 e abriu quatro segundos dos outros dois atletas, Dickson Chuma e Evans Chebet.

No quilômetro 40, Kipsang mundial deixou o ritmo cair um pouco, fez 5 km em 15min02. Terminou a prova em 2h03min58, um recorde para esta maratona, cerca de um minuto acima do recorde mundial. O segundo lugar foi de Gideon Kipketer com 2h05min51, seguido de Dickson Chumba com 2h06min25.

Foto: Kamel Turismo
Foto: Kamel Turismo

Corrida Feminina

Seis participantes correram juntas até a metade do caminho, duas quenianas e quatro etíopes: Sarah Chepchirchir e Betsy Saina do Quênia e Amane Gobena, Amane Beriso, Marta Lema e Birhane Dibaba.

Saina foi a primeira a quebrar, começou a desacelerar entre o quilômetro 35 e 40. Chepchirchir, Gobena e Dibaba ainda estavam juntos quando chegaram ao quilômetro 30. Chepchirchir no quilômetro seguinte, surpreendeu e começou a correr cada vez mais, logo a corrida foi toda dela. Ela correu surpreendentes 15min46 nos 5 quilômetros entre os 30 km e 35 km.

Birhane Dibaba estava tendo uma corrida muito boa e correu o mais rápido que podia entre 30 km e 35 km, mas não havia nada que ela pudesse fazer para alcançar a campeã que estava 39 segundos em sua frente. Chepchirchir desacelerou um pouco de seu ritmo incrível de 30 a 35 km, mas foi recompensada com um sub-2 e um recorde nessa maratona.

 

Participe do Mountain Do – Praia do Rosa e conheça Santa Catarina!

 

Resultados

Masculino

1 – Wilson Kipsang (Quênia) – 2h03min58

2 – Gideon Kipketer (Quênia) – 2h05min51

3 – Dickson Chumba (Quênia) – 2h06min25

4 – Evans Chebet (Quênia) – 2h06min42

5 – Alfers Lagat (Quênia) – 2h07min39

6 – Bernard Kiprop Kipyengo (Quênia) – 2h08min10

7 – Yohanes Ghebregergish (Eritréia) – 2h08min14

8 – Hiroto Inoue (Japão) – 2h08min22

9 – Tsegaye Kebede (Etiópia) – 2h08min45

10 – Hiroyuki Yamamoto (Japão) – 2h09min12

Feminino

1 – Sarah Chepchirchir (Quênia) – 2h19min47

2 – Birhane Dibaba (Etiópia) – 2h21min19

3 – Amane Gobena (Etiópia) – 2h23min09

4 – Ayaka Fujimoto (Japão) – 2h27min08

5 – Marta Lema (Etiópia) – 2h27min37

6 – Sara Hall (Estados Unidos) – 2h28min26

7 – Madoka Nakano (Japão) – 2h33min00

8 – Kotomi Yoshitomi (Japão) – 2h34min44

9 – Hiroko Yoshitomi (Japão) – 2h35min11

10 – Mitsuko Ino (Japão) – 2h39min33

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gabriel Gameiro

Gabriel Gameiro

Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.

Ver todos os posts