Os benefícios e a importância do ganho da massa magra

Os Benefícios e a Importância do Ganho da Massa Magra.

Geralmente, quando começamos a treinar, pensamos em aumentar nossa massa muscular e perder a massa gorda. Certo?

Em primeiro lugar, devemos lembrar que massa gorda é o peso da gordura que temos no corpo, que em quantidade certa protege nossos órgãos, mas em excesso causa diversas doenças como diabetes, doenças cardíacas, etc. Dito isso, tudo que não for gordura no nosso corpo, é massa magra, ou seja, órgãos, pele, massa óssea e tudo que faz parte da composição do corpo.

A massa muscular faz parte da massa magra. Os exercícios físicos, principalmente os de força e resistência promovem o ganho de massa muscular, juntamente com uma alimentação à base de muita proteína. Independente das razões, a construção da massa magra traz inúmeros benefícios para a nossa saúde a longo prazo. Dentre eles, podemos citar:

– Fortalecimento dos ossos;
– Evita e previne a resistência à insulina;
– Serve como auxiliar no combate à outras doenças;
“-É importante ressaltar que quanto mais músculos tivermos, melhor será o nosso envelhecimento, principalmente porque é na terceira idade que acontece a perda de massa óssea.”- diz a Dra. Bruna Marisa, endocrinologista, membro da SBEM e especialista em emagrecimento.

Então, se queremos ter uma velhice tranquila, devemos investir muito na construção e no aumento da massa magra, aproveitando enquanto somos jovens, saudáveis, produzimos hormônios, trabalhamos, temos força e disposição, pois quanto mais massa magra construirmos enquanto formos jovens e saudáveis, muito mais reservas teremos quando precisarmos.

+ Quer conhecer seu próximo desafio? Clique aqui e confira um calendário completo de corridas!

Mas, como perder gordura e ganhar massa muscular? Bem, para ganhar massa muscular, deve-se fazer exercícios de musculação na academia, respeitando as orientações do treinador e seguir uma alimentação rica em proteínas, sendo muito importante dar tempo para o músculo descansar, para que ele possa crescer. Além disso deve-se:

– Treinar de 3 a 5 vezes por semana. Isso é importante porque o mesmo grupo muscular só deve ser exercitado 1 ou 2 vezes.
– Revisar as séries a cada 4 semanas para acrescentar e aumentar a intensidade dos exercícios e também aumentar os desafios.
– Não utilizar mais do que 65 % da carga máxima que se aguenta em uma única repetição com aumento progressivo.
– Fazer os exercícios de maneira lenta para que possa sentir cada movimento do músculo e não parar quando sentir dor, pois é quando o músculo começa as fibras brancas que levam a hipertrofia.
– A perda massa muscular pode ser observada em apenas 15 dias sem treino, por isso é importante que você seja constante e não pare os exercícios mesmo depois de se atingir a massa muscular pretendida.

Para complementar, a Dra. Bruna diz que o processo para o ganho e aumento de massa magra pode não ser tão simples e o acompanhamento médico especializado é fundamental para o equilíbrio entre os níveis de massa magra e massa gorda no organismo. Em alguns casos, devido à ineficiência alimentar, é necessário o consumo de algum suplemento alimentar.

Para aqueles que não podem mesmo praticar exercícios físicos, a orientação dada pela médica é que a pessoa mantenha uma dieta rica em proteínas e a suplementação adequada que deve ser feita individualmente. Alguns estudos mostraram que indivíduos que usaram testosterona, ganharam mais músculos do que quem fazia somente atividade física. Então, a reposição hormonal em casos específicos, também é uma hipótese.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts