Você sabe o que são medicamentos fitoterápicos?

acupuncture-906144_1920Por definição, os fitoterápicos são medicamentos obtidos exclusivamente de drogas vegetais. Para ser considerado assim, os mesmos devem ser caracterizados segundo sua eficácia e riscos de uso, como também pela qualidade. Vale ressaltar que os fitoterápicos são diferentes das plantas medicinais, pois quando elas sofrem o processo de industrialização, que visa garantir a qualidade e evitar a contaminação de agrotóxicos e substâncias estranhas, passam a ser consideradas fitoterápicos.

 

Adilson Marques da Silva, professor de Farmacologia da Faculdade Santa Marcelina, explica que os medicamentos fitoterápicos no Brasil são registrados na ANVISA por resoluções específicas, como os medicamentos convencionais no que se referem a eficácia e segurança. “Inúmeros trabalhos científicos demonstram os efeitos benéficos dos fitoterápicos no tratamento e alívio de inúmeros sintomas. Atualmente são empregados como analgésicos e expectorantes, bem como no tratamento de doenças crônicas como o reumatismo”.

 

 
Produzidos a partir de produtos vegetais como folhas, caules, raízes, flores e sementes, com ação farmacológica reconhecida, alguns são utilizados no tratamento da obesidade como por exemplo: a Garcínia cambogia, Caralluma fimbriata, Coordia salicifolia e o chá verde entre outros. “Eles parecem apresentar algum efeito auxiliar positivo sobre o controle da obesidade, porém mais estudos são necessários para a comprovação. É importante salientar que seu uso deve ser acompanhado de uma alimentação adequada e associado a prática esportiva”, explica Adilson.

Qualquer um pode utilizar?

Apesar de serem produtos naturais, esses medicamentos podem produzir efeitos indesejados em determinadas situações, sendo crucial que sua prescrição seja feita por um profissional da saúde.

Cuidados

– Busque informações com profissionais da saúde capacitados
– Informe ao médico qualquer efeito indesejado com a sua utilização
– Adquira os medicamentos apenas em farmácias autorizadas pela vigilância sanitária
– Siga os cuidados de armazenamento e utilizar dentro do prazo de validade
– Não associe a outros medicamentos sem indicação médica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Christina Volpe

Christina Volpe

Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.

Ver todos os posts