Como a meditação pode melhorar seu desempenho nos treinos?

Combinar programas de meditação com exercícios e treinos pode trazer muitos benefícios aos atletas. Diversos corredores vêm demonstrando que a tese realmente funciona. O assunto entrou em evidência no mundo esportivo, após um estudo realizado pelo Translational Psychiatry, renomado jornal de psicologia inglês. A conclusão foi que meditação aliada à prática de exercícios duas vezes por semana, durante dois meses, reduziu os sintomas de depressão de um grupo em 40%.

meditação benefícios para o treino
Foto: Adobe Stock

Sendo assim, é possível concluir que a meditação é capaz de melhorar o humor e o bem-estar. Isso representa um foco maior do atleta durante o exercício, que adquire mais facilidade de se concentrar no momento presente e não com problemas externos durante a corrida.

+ Participe de uma corrida virtual, escolha sua prova!

“Eu andava em uma fase muito desanimada com os treinos, era como se os problemas familiares e profissionais me puxassem para trás durante os percursos, foi aí que uma amiga da faculdade me indicou a meditação. Não demorou muito para sentir a diferença, comecei a ter um controle maior da minha mente e tornei a corrida uma atividade muito mais prazerosa em minha vida, não mais uma obrigação como antes”, conta a estudante Alessandra Guedes.

Não é segredo para ninguém que a meditação é o ponto chave para uma mente relaxada, algo muito valioso para corredores, que constantemente estão tensos ao longo de treinamentos, provas e pressão que colocam em si mesmos para alcançar logo suas metas na modalidade. Essa é a tese de um dos mais famosos corredores de montanha do mundo, Timothy Olson. Ele acredita que uma mente calma e focada é a chave de uma boa finalização.

Estes benefícios refletem no corpo, já que um balanço do seu estado físico e mental podem permitir que melhores escolhas sejam feitas no treino, ajudando a readaptá-lo quando necessário e prevenindo assim as lesões e o overtraining. Uma mente bem treinada também ajuda a aceitar melhores desconfortos durante provas, como bolhas e cortes, pois relativiza os incômodos; assim pequenas dores tornam-se mais aceitáveis quando se está muito focado.

“Comecei a correr há quatro anos e meu foco era completar a São Silvestre. Segui treinos e dieta para realizar meu sonho na edição de 2014, mas não consegui terminar. Estava muito nervosa, mesmo sabendo que era capaz de percorrer aquela distância. Depois disso adicionei a meditação na minha rotina e me sinto cada vez mais confiante para bater próximas metas”, conta a nutricionista Vilma Ferraz.

Muitas vezes não basta apenas treinar o corpo, é necessário ter uma mente sólida e focada, sendo assim a meditação é um dos principais meios para atingir sucesso neste quesito. Que tal experimentar?

Este texto foi escrito por: Gustavo Mazzucchelli

+ Clique aqui e escolha seu próximo desafio na corrida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts