Como migrar da corrida de rua para a trail?

Você já corre a bastante tempo?
Você é corredor de rua?
Quer novos desafios para corrida?

Então este texto é para você!

Você já se considera um corredor experiente, já participou de inúmeras provas, já conseguiu bater alguns recordes pessoais… Mas a corrida já não é a mesma coisa, você não tem mais o mesmo ímpeto de acordar cedo e concluir o treino, a vontade de fazer as provas está diminuindo e a motivação tem sido cada vez mais rara.

Que tal desafiar seu lado trail run no Mouintan Do Costão do Santinho?

Você está cansado!

As provas que você disputa em sua cidade são realizadas sempre nos mesmos locais, mesmos percursos, mesmas pessoas, difícil ter uma novidade. Então você pensa em provas fora de sua cidade, estado e até fora do país. Porém, o orçamento está cada vez mais apertado.

Desistir? Desistir não é uma opção.

Então surgiu aquele seu amigo maluco na rede social com uma foto espetacular em um morro, trilha ou praia paradisíaca. Você pensa: “é isso que quero fazer.”

Lembre-se que nessas provas você pode esquecer o pace Foto: Blas/Fotolia
Lembre-se que nessas provas você pode esquecer o pace Foto: Blas/Fotolia

É cada vez mais rápida a transição de corredores de rua para as trilhas. Mas como fazer isso da forma correta?

Vou dar 3 dicas básicas:

1. Faça uma mudança lenta e gradual.

Não canso de falar que corrida de rua e corrida trail são esportes diferentes, portanto exigem condicionamento e preparação física diferentes. Priorize iniciar em provas ou percursos com maior parte em estradão, assim, seu corpo vai se adaptando aos poucos a instabilidade do terreno e com os aclives e declives naturais de provas com estas características.

Lembre-se que nessas provas você pode esquecer o pace, pois o ritmo varia constantemente e caminhar não é feio.

2. Use tênis adequados.

Corredor gosta de um “brinquedo” novo, e na corrida trail as opções são infinitas. Inicie com tênis híbridos que podem ser usados tanto em trilhas como no asfalto, afinal o ideal é que você não inicie em provas com um grau de dificuldade muito elevado.

Você vai notar que há diversas opções de “grip” (garras dos tênis), não se preocupe com isso no início, mas saiba que utilizar o “grip” errado pode comprometer sua prova. Peça ajuda a atletas mais experientes sobre dicas de equipamento.

Nas corridas trail, você vai encontrar uma série de obstáculos naturais, pedras, grama, barro, aclives, declives Foto: Warren Goldswain/Fotolia
Nas corridas trail, você vai encontrar uma série de obstáculos naturais, pedras, grama, barro, aclives, declives Foto: Warren Goldswain/Fotolia

3. Prepare o corpo

Nas corridas trail, você vai encontrar uma série de obstáculos naturais,  pedras, grama, barro, aclives, declives, mato fechado…enfim, uma infinidade de fatores que vão exigir um esforço completamente diferente do que você está acostumado, portanto, antes de migrar paras provas trail, faça treinos em subidas e descidas.

Faça bastante reforço muscular afim de aliviar o impacto articular e, principalmente, treine o seu equilíbrio, é muito comum nossos tornozelos não estarem aptos a variação constante de terreno, o que pode levar a uma lesão mais séria.

Conhece alguém que está migrando para corridas trail? Compartilhe este texto.

Tem mais alguma dica? Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cristiano Fetter

Cristiano Fetter

Mestre em Ciências do Movimento Humano - UFRGS
Sócio Ultra Funcional Place
Founder Raiz Trail

Ver todos os posts