Mortes súbitas devem receber atenção especial

No dia 26 de outubro de 2004 o zagueiro do São Caetano, Serginho, faleceu durante uma partida de futebol. Depois de um ano mortes súbitas em atletas ainda acontecem com freqüência. No início de setembro desse ano o triathleta brasileiro, Thiago Machado, também sofreu de morte súbita durante um treino de corrida.

Confira o artigo que o Cardiologista Dr. Nabil Ghorayeb escreveu sobre morte súbita, um problema que os esportistas, mesmo os amadores, devem se preocupar: Morte Súbita… passado, presente, futuro.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts