“São mais de 15kgs perdidos, um sonho de ser maratonista e a volta da minha autoestima”

A professora Karina Omori é mais um exemplo de quanto a corrida pode fazer a diferença e, literalmente, mudar a vida de uma pessoa. Aos 28 anos e com muita história para contar, seu relato pode ser o empurrão que você precisa para começar. Confira!

“Dois acontecimentos foram o verdadeiro empurrão para começar a correr: um término de relacionamento e o falecimento da minha filha!

Em 2011 engravidei e 4 dias após o nascimento, minha neném faleceu. Para suprir essa perda passei a comer sem limites. Só na gestação engordei 12kgs e após isso fui além, pesava 55 e cheguei até 80kgs. Para ajudar, em 2015, meu relacionamento que durava oito anos, terminou.

Karina participa de "crews de corrida" em São Paulo Foto: Arquivo Pessoal
Karina participa de “crews de corrida” em São Paulo Foto: Flávio Damião

Me sentia gorda, feia e tinha uma autoestima baixa, no nível de não tirar fotos, nem sair de casa por conta do peso. Foi neste momento, ao final de 2015, que tive um estalo e resolvi mudar de vida. Nunca gostei de academia, então comecei a correr na Avenida Paulista. O problema é que nunca tinha feito isso antes. Quase morri em três quilômetros, mas quando a endorfina bateu, tive a certeza de que correr seria meu mais novo amor.

Depois disso, comecei a treinar todo o fim de semana, já que em dias úteis não conseguia devido ao trabalho e faculdade. Em fevereiro deste ano, conheci a Crew Vem com Nóis, que corre toda quarta-feira 3 km, na Avenida Paulista. Comecei a participar e fiz com que esse treino fosse apenas o ponta pé inicial para me dedicar ao esporte e ter uma vida saudável.

Conheci a Crew DammGang, que treina toda quinta-feira, saindo de lugares diferentes de São Paulo, além da Run Sampa, com 6 km, toda segunda-feira no Parque do Ibirapuera. Participo regularmente de todas e também vou a provas e eventos ao longo da semana, isso me motiva muito. 

A professora agora leva amigas para correr Foto: arquivo pessoal
A professora agora leva amigas para correr Foto: arquivo pessoal

Enquanto corro, sinto que o céu é o limite. Posso ir muito além do que imagino, junto a sensação de liberdade, alma leve e coração cheio de paz, são momentos incríveis. O esporte mudou minha vida por inteiro. Fiz amizades, conheci gente bacana e que, assim como eu, adotou a corrida como estilo de vida! Não sou corredora profissional, mas meu amor pela atividade física não fez só a minha vida mudar, mas a das pessoas a minha volta também. Consegui fazer com que amigas, que nunca tinham corrido, começassem a buscar uma qualidade de vida melhor.

Clique aqui e inscreva-se para a Angru Birds Fun Run!

Já perdi mais de 15 kg só correndo, sem dieta. Estou voltando a me alimentar melhor e vou pegar firma na academia, para melhorar o desempenho nos treinos. Atualmente me sinto mais bonita, a autoestima aumentou, adoro tirar fotos e ver a evolução. Agora quero fazer uma prova de 10 ou 16 km, estou treinando para isso, mas o verdadeiro objetivo é me tornar uma maratonista!

O antes e depois da corrida Foto: arquivo pesoal
O antes e depois da corrida Foto: arquivo pesoal

A minha dica para quem quer começar ou tem dificuldade é: NUNCA DESISTA! Mesmo quando sentir que não aguenta mais, respire e diga em voz alta: EU CONSIGO! Comece devagar, respeitando seus limites. Aumente gradativamente a distância e aos poucos vá melhorando o pace. Correr vicia. A endorfina vicia. Mas são vícios bons, saudáveis. Você nunca mais vai querer parar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Christina Volpe

Christina Volpe

Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.

Ver todos os posts