Nike lança tecnologia Nike Sphere

Davis apresenta peças disponíveis ao consumidor com a nova tecnologia (foto: Harry Thomas Jr  Arquivo WebRun)
Davis apresenta peças disponíveis ao consumidor com a nova tecnologia (foto: Harry Thomas Jr Arquivo WebRun)

A Nike apresentou hoje à imprensa brasileira sua nova tecnologia para vestuário de alta performance, a Nike Sphere. A nova linha de produtos foi apresentada pela diretora global de inovação da empresa, a norte-americana Carrie Davis.

Davis é responsável por projetos globais de desenvolvimento e soluções para a melhoria da performance dos atletas, e falou sobre a a importância do design e da inovação para a Nike, detalhando os princípios que guiam a inspiração da empresa para desenvolver produtos de alta tecnologia.

“Nike Sphere é um exemplo que como a Nike traz para os consumidores e praticantes de esportes produtos desenvolvidos para atletas de elite. O projeto que originou a tecnologia Nike Sphere foi uma camiseta regata para maratonistas desenvolvida para as Olimpíadas de Sydney. Hoje existem produtos para corrida, ginástica, tênis e esportes outdoor para consumidores em geral”, explicou Davis que ingressou na Nike em 1990 como Coordenadora de Testes de Produtos para pesquisa de marketing e desing

A Nike Sphere utiliza os espaços de ar formados pela estrutura tridimensional do tecido, maximizando o funcionamento destes espaços através de uma arquitetura de construção das peças. O resultado é um grupo de tecnologias visualmente distintas, que funcionam conjuntamente com os mecanismos de resfriamento e de controle de temperatura que o corpo já possui, auxiliando o atleta a atingir um melhor desempenho em qualquer ambiente, independente dos fatores climáticos.

As tecnologias apresentadas são:

Nike Sphere Cool – a construção do tecido tridimensional cria espaços de ar entre o corpo e a roupa, otimizando a circulação do ar para manter a refrigeração do atleta e evitando que a roupa cole no corpo. Essa tecnologia é projetada para ampliar os mecanismos naturais de refrigeração do corpo, através das aberturas no tecido que aumentam o fluxo de ar entre a pele e a peça.

Nike Sphere Dry – a construção do tecido tridimensional cria espaços de ar entre o corpo e a roupa, para mantê-lo refrigerado e seco, evitando que a roupa cole no corpo. A composição do tecido Nike Sphere Dry ainda transporta o suor para longe da pele, dispersando-o para parte externa da roupa, onde evapora mais rápido.

Nike Sphere Thermal – a construção do tecido tridimensional cria espaços de ar entre o corpo e a roupa, que fica bastante próxima do corpo devido ao seu corte ajustado, o que retem o ar junto à pele para maior controle térmico.

Nike Sphere Pro – Essa tecnologia combina as tecnologias Nike Sphere Thermal e Nike Sphere Dry – corpo seco aquecido, evita que a roupa cole no corpo e a resistência agregando resistência ainda a chuva.

No Brasil a tecnologia Nike Sphere Dry está disponível em regatas, camiseta manga curta e comprida nas principais lojas de artigos esportivos. As tecnologias Nike Sphere Thermal e Nike Sphere Prochegam ao mercado brasileiro em 2004.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts