O que deixa o trail running perigoso?

O que deixa o trail running perigoso?
Foto: Adobe Stock

A cada ano o trail running vem ganhando mais adeptos e esse crescimento já tem chamando a atenção de grandes marcas esportivas do mundo. Essa expansão é muito importante para o desenvolvimento da atividade como um todo, desde o aumento de opções de eventos até o suporte destinado aos atletas de elite.

Porém, vale lembrar, que a corrida em trilha é praticada em ambiente outdoor e por essa razão a segurança é um das  maiores preocupações, tanto para organizadores, quanto para atletas. O perigo é que muitas vezes os corredores iniciantes na modalidade, acabam deixando esse aspecto em segundo plano, alguns por falta de experiência outros por descuido.

Na edição de 2021 do TDS, uma das provas do UTMB, ocorreu uma grave queda com um participante, que foi socorrido, mas não resistiu e veio a falecer. Essa foi a primeira ocorrência fatal em 19 anos de evento.

+ Siga o Webrun no Instagram!

Existe uma preocupação da parte dos atletas em passar mal no “meio do nada”, afinal o trail run ocorre na natureza e caso aconteça uma ocorrência, o socorro não é imediato, afinal até as autoridades terem conhecimento do ocorrido, identificarem o local, organizarem o atendimento e realizarem o resgate, pode levar horas.

Inclusive existem provas onde só é possível resgatar pessoas por helicópteros, por exemplo. Na pior das situações, nem aeronaves conseguem auxiliar quem precisa em razão de uma possível falta de visibilidade.

Outro ponto de atenção está diretamente ligado a participantes mais experientes, que por se sentirem mais confortáveis em uma prova, podem acabar mais suscetíveis à displicência, afinal o ganho de confiança nos estimula a arriscar mais em todos os sentidos e isso pode ser crucial, portanto não arrisque.

Ter um curso de primeiros socorros também é importante, dessa forma é possível auxiliar um terceiro ou a si mesmo, em alguns casos até que o resgate o encontre.

Ainda dentro do assunto segurança é normal que, no momento de finalizar a inscrição para uma prova, automaticamente o atleta transfira 100% da responsabilidade de sua segurança para a organização do evento.

Claro que a organização tem seu percentual de responsabilidade, porém o principal responsável pela sua segurança é você mesmo.

+ Confira aqui o seu calendário completo de corridas de rua e não perca nenhuma!
+ Participe de uma corrida virtual!

Imagine a seguinte situação:

Você sofre um acidente em uma prova, é resgatado depois de algumas horas e direcionado para um hospital .

O final foi feliz e horas mais tarde você está em sua casa e chega à conclusão que a organização falhou no seu atendimento. Você resolve entrar com uma ação contra a empresa organizadora e vence a ação. Você receberá todos os direitos cabíveis, porém quem passou todo o perrengue foi você mesmo, portanto seja o primeiro responsável pela sua própria segurança, afinal é o ACIDENTE que deixa o trail running perigoso.

Separei uma lista com alguns itens indispensáveis, que sempre devem estar em sua mochila, para todos os níveis de atleta terem maior segurança em uma situação de perigo:

  • Manta térmica
  • Apito
  • Headlamp
  • Kit de primeiros socorros
  • Anorak
  • Celular

Leia também:

 Dicas para escolher o tênis ideal para a sua corrida 
– Fortaleça a lombar e melhore a sua performance
– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?

– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sidney Togumi

Sidney Togumi

Ultramaratonista e bacharel em Educação Física, Togumi é treinador da UPFITRAIL Assessoria Esportiva, onde atende os principais atletas do trail running nacional. Representante ITRA no Brasil, Assessor CBAt - Confederação Brasileira de Atletismo para Trail Running, palestrante, Pós Graduado em Treinamento Desportivo - UNIFESP e Especialista em Treinamento Desportivo - Havana/Cuba.

Ver todos os posts