• Doping - Maior operação antidoping do mundo prende 234 pessoas

Maior operação antidoping do mundo prende 234 pessoas

Em Roma, na Itália, uma operação antidoping da polícia internacional envolvendo 33 países e a WADA (Agência Mundial Antidoping) apreendeu milhões de substâncias e medicamentos proibidos, prendendo 234 pessoas, segundo o Europol, o Serviço Europeu de Polícia.

A ação envolveu 23 países da União Europeia e 10 países de fora da UE, envolvendo os Estados Unidos, Albânia, Colômbia e Suíça. O comunicado afirma que foram apreendidas 3,8 milhões de substâncias ilegais.

+ Garanta a inscrição para a sua próxima corrida!

A Agência Mundial Antidoping disse em um comunicado que a operação “derrubou 17 grupos de crime organizado envolvidos no tráfico de medicamentos falsificados e material de doping em toda a Europa”.

Maior operação antidoping do mundo prende 234 pessoas

A maior operação antidoping do mundo prende 234 pessoas. Foto: Unsplash/ Louis Reed

A apreensão, coordenada pela Europol, que recebeu o nome de Viribus, foi liderada pela polícia italiana dos Carabinieri e envolveu a Interpol, o Centro Comum de Investigação e o Organismo Europeu de Luta Antifraude (OLAF).

A ação foi a maior de todos os tempos desta categoria, segundo a Europol. “Nos últimos 20 anos, o tráfico internacional de substâncias anabólicas cresceu de maneira significativa”, relata o comunicado, citando atletas, fanáticos por academias e fisiculturistas como usuários.

Criadores utilizam hormônios ilegais para engordar animais de fazendas ou melhorar a performance de cavalos de corrida. A polícia disse ter fechado 9 laboratórios subterrâneos na Europa e confiscou quase 24 toneladas de esteroides em pó.

“Gostaríamos de parabenizar todos os Estados membros e as outras organizações que contribuíram para essa operação antidoping”, disse Gunter Younger, chefe de inteligência e investigações da WADA.

+ A SP City Marathon está chegando!

“Esse é o tipo de colaboração multipartidária que produz resultados reais e pode ter um impacto significativo na disponibilidade de medicamentos falsificados e ilegais usados ​​por alguns atletas em todo o mundo”, completou.

Comentários

Tags:, , , , , ,
Leonardo Boscolo
Sou um apaixonado por esportes e aspirante a corredor. Um jornalista que vê na corrida um mundo de objetivos a serem alcançados, realizações pessoais e a oportunidade de se tornar cada dia uma pessoa melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade