• Maratona - Paquetá Sports fatura Volta à Ilha 2007

Paquetá Sports fatura Volta à Ilha 2007

Equipe Paquetá Esportes é a vencedora da prova (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)
Equipe Paquetá Esportes é a vencedora da prova (foto: Alexandre Koda/ www.webrun.com.br)

Foram 150 quilômetros de competição, 24 Postos de Controle, lama, areia fofa, chuva, asfalto, grama e muita superação para os 3.100 atletas que participaram da 12ª edição da Volta à Ilha, em Florianópolis (SC) no último sábado. (14). Após 8h23min47, a equipe Paquetá Esportes Asics, de Porto Alegre (RS) faturou o primeiro lugar geral, e se tornou bicampeã da competição.

De acordo com José Eduardo Zdanowicz, coordenador geral da equipe, cada trajeto teve um estudo minucioso de terreno e distância, para que os atletas pudessem completar sem problemas. “Não adianta termos bons corredores, se não temos planejamento. Montamos um grupo forte e que a cada ano melhora”, comenta José, que diz também que a ajuda da equipe de apoio foi fundamental. “Quero agradecer o Edson Bereta, coordenador tático e o Ricardo Zdanowicz, que deu apoio logístico”.

Dessa forma, a Idaten / CNT / Bellos Car se tornou a campeã da categoria Aberta com 9h13min51. O segundo lugar ficou com a equipe Cindacta 2 e o terceiro com a equipe Petrobras/Paraná , com 9h43min13 e 9h49min20 respectivamente. Já na categoria Aberta Mista, a vitória ficou com a equipe Camposrunning, com o tempo de 10h21min06, seguida pela Butenas Asessoria Beta, com 10h47min45 e a By Digo – Fit Batel, com 10h54min49.

Mais vencedores – Entre as mulheres, a TPM levou para a capital paulista o caneco de campeã da Volta à Ilha. A equipe, que é formada por profissionais de educação física, quase não tem tempo para treinar junta e esse ano conseguiu fechar a prova com 25 minutos a menos do que em 2006 e bater o recorde da prova. “A temperatura ajudou, pois estava bem fresquinho. Ano passado tivemos problemas de logística, dobramos perna, mas esse ano deu tudo certo”, conta Adriana Camargo. Elas fecharam com 11h23min32 (contra 11min47seg58 do recorde anterior), seguidas pela Paulistana, com 11h37min14.

A prova contou com três categorias de veterano, a “Veteranos um”, “Veteranos Dois” e “Veterana Mista”. A Dois é composta por atletas com 50 anos ou mais e esse ano a vitória ficou com a Vento Sul V2, de Florianópolis (SC). “A participação da equipe foi boa, pois tínhamos elementos que não estavam em boas condições e dois atletas tiveram que dobrar trechos”, comenta Alcides Rodrigues Filho, coordenador da equipe. Eles completaram em 12h23in11.

Na Veterana Um, a Cuca – Curitiba levou a melhor com 9h58min09, seguida pela AJUT / SouzaCar, com 9h59min48 e pela Correios RS 1, com 10h52min50. Na Mista, a Fundação Brigada Militar de Porto Alegre fechou em primeiro com 11h51min54, seguida pela Veterana Bela Vista C Club, com 12h51min54 e pela Trainer / Run for Fun, com 13h20min01.

Duplas – Nas duplas, a vitória ficou o triathleta Leandro Macedo e seu sócio Bruno Gagliardi, da equipe T.O.P. Sports Unidr Reebok II , que completaram em 12h15min03. Leandro, que parou de competir profissionalmente, participa de algumas provas por prazer e para incentivar os alunos de sua assessoria esportiva. “Foi a primeira vez que eu participei dessa prova e foi duro. Já corri Ironmans, mas vim para cá sem saber como seria e tive que trocar de estratégia durante o percurso. Apesar da dificuldade, foi super legal”, comenta.

Em segundo nas duplas apareceu a equipe Acrimet / Top Spin / Runtech, com 12h16min23, seguida pela Trainer Tchê, que fechou com 12h27min20. A 12ª edição da Volta à Ilha teve um fato curioso: Pela primeira vez em toda a história choveu no trajeto e durante a chegada dos atletas. O Webrun esteve na Ilha da Magia e acompanhou de perto os desafios da maior prova de revezamento da América Latina.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Comentários

Tags:,
Redação Webrun
Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade