Por que algumas pessoas comem muito e não engordam?

Todo mundo tem aqueles amigos que comem demais, não engordam e, enquanto você está na saladinha, eles partem para a pizzaria, com direito a sobremesa. O metabolismo acelerado e a genética são os dois principais fatores da magreza desses comilões.

+ Encontre aqui um desafio virtual que combina com você!

Por que algumas pessoas comem muito e não engordam?
O metabolismo também tem grande papel no emagrecimento dos sortudos Foto: Photographee.eu/Fotolia

Por que as pessoas comem muito e não engordam?

Segundo a médica do esporte, Ana Paula Simões, a tendência a engordar ou emagrecer é algo imutável geneticamente. “A genética altera a célula conhecida como lipócito que tem uma capacidade maior de armazenar a gordura. Quem tem tendência a engordar, não tem mais células que outras pessoas e sim maior capacidade da célula crescer e aumentar de volume”, explica.

O metabolismo também tem grande papel no emagrecimento dos sortudos, mas além da genética ele pode ser acelerado fenotipicamente, ou seja, através de atividades físicas.

O servidor público federal, Roberto Farah Torres, é uma daquelas pessoas que dá até nervoso de ver o quanto come é mais uma das pessoas que não engordam um grama. Ele conta que sua família é magra, mas não tanto como ele, assim Roberto acaba virando o comentário durante as refeições. Apesar de não ser louco por doces, não dispensa brigadeiro e doce de leite.

Nesse caso o metabolismo pode ser o grande culpado, mas com o envelhecimento ele tende a ficar mais lento. Roberto é corredor e procurou um médico nutrólogo visando um melhor rendimento da corrida, mas ao invés de receber uma dieta rígida, o médico concluiu que ele tinha um déficit calórico e chegava a queimar massa magra durante a corrida. O resultado: continuar comendo grandes quantidades e nos dias de musculação e corrida consumir seis shakes de diferentes suplementos.

Por que algumas pessoas comem muito e não engordam?
Alguns dos mini pratos de Roberto Foto: Arquivo pessoal

A doutora explica que até há uma fórmula para ‘ensinar’ as células a se manterem aceleradas, a receita é simples e bem conhecida. “Devemos comer alimentos saudáveis a cada duas ou três horas e em pequenas quantidades”, diz.

+ Seu calendário completo de corridas está aqui!

Apesar de comer muito, Roberto conta que também costuma demorar para terminar as refeições. “Desde criança sou abandonado na mesa. Dizem que comer devagar faz as pessoas se alimentarem menos, então nem consigo imaginar o quanto eu comeria se fosse rápido”, diz.

Ele ainda expõe sua indignação com as revistas de boa forma. “Com toda essa situação sempre me irrito com as chamadas de capa dizendo: como perder peso ou perca a barriga correndo. Nunca vi uma chamada sobre: ganhe peso mesmo correndo, ou coisa parecida”.

A doutora deixa o alerta de sempre procurar um médico para investigar disfunções, como por exemplo, alteração na tireoide que interfere diretamente no metabolismo. “Devemos fazer sempre um check-up para ter certeza que emagrecer demais ou engordar subitamente, tem relação com alguma doença”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Christina Volpe

Christina Volpe

Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.

Ver todos os posts