Planejar e motivar

Eu já devo ter escrito sobre esse tema anteriormente, mas gostaria de repetir por acha-lo muito importante e como diria Nelson Rodrigues, eu não seria nada sem minhas repetições.

O tema que proponho para esse mês é o de planejamento de treino e o quanto isso é importante para a periodização e principalmente para a motivação.

Planejar um treino não é simplesmente sentar com o seu técnico e dizer como você está se sentindo e o que você acha do treino, é pensar no seu ano todo, quais provas quer participar, que resultado você quer atingir em cada uma delas, desse modo o seu técnico poderá montar uma planilha de treinos dentro do seu objetivo.

Outra forma de planejamento, que é anterior ao descrito acima, é o da sua vida de atleta, é muito importante que você se pergunte o que pretende com seu treinamento: terminar uma prova especifica como o Iron Man, ou vencer um circuito inteiro, ou emagrecer… Não importa, o importante é que você saiba o que te motiva a praticar o esporte que pratica.

Tendo em mente o seu objetivo, agora sim trace seu plano de metas para o ano, se é emagrecer, participar de provas talvez não seja tão importante para você, pois então decida quantos quilos você quer perder.

Pense sempre em degraus, em etapas, planeje quantos quilos você quer perder por mês, mas antes converse com um nutricionista para saber se é viável, é importante que as metas sejam possíveis de serem alcançadas.

O mesmo se o seu objetivo é ser campeão do Iron Man (talvez você tenha de pensar mais em longo prazo), mas trace com seu técnico metas reais e possíveis, de preferência em curto espaço de tempo, talvez mês a mês, pois assim você está mais próximo da motivação e pode flexibilizar o seu planejamento

Tome um cuidado! Flexibilize sempre o seu planejamento, ele deve ser maleável e ir se moldando com a sua realidade do momento, não pode ser algo rígido demais. Avalie periodicamente o seu planejamento, vá verificando se suas metas estão sendo alcançadas e a que custo, talvez você tenha que adiar um pouco o seu objetivo, ou mesmo adiantá-lo, a hipótese de você ter subestimado sua capacidade de atingir seu objetivo também deve ser levado em conta.

Mas o que tudo isso tem a ver com motivação? Tem muito a ver, um planejamento mal feito pode resultar que você nunca atinja os objetivos traçados e com isso você se sentirá incapaz e provavelmente desistirá do esporte, ou ao contrario, pode ser muito fácil e você não se sinta desafiado pela atividade.

Por isso é muito importante localizar um objetivo e traçar metas reais, possíveis e adequadas ao seu desempenho que te levam a esse objetivo. Para te ajudar a localizar as suas possibilidades é muito importante contar com a ajuda de profissionais qualificados: nutricionistas, educadores físicos e psicólogos.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts