Planejar para vencer

Parte do sucesso de um atleta tanto em competições quanto em sua carreira depende de sua capacidade de planejar e organizar sua vida profissional.

O atleta não deve ter somente um planejamento dos seus treinos, não que isso não seja importante, pelo contrário, é muito importante, mas deve ter um planejamento das provas que pretende participar durante o ano, da sua alimentação, do seu sono, e do momento de prova em que se encontra.

Planejar parece ser um tema difícil para alguns atletas, que estão muito mais preocupados em fazer o que mais gostam, praticar o esporte que escolheram, mas a falta de planejamento é uma das principais causas do insucesso, talvez essa seja a principal diferença entre atletas amadores e de alto desempenho.

O planejamento deve abranger todos os momentos de vida do atleta, ele deve traçar metas e objetivos desde a sua carreira, se perguntar onde quer chegar com eles, até o que fazer quando parar, inclusive os momentos antes de uma prova, se perguntando qual a colocação que pretende chegar, qual a importância da prova para o projeto de sua carreira.

O planejamento está intimamente ligado à motivação, um bom planejamento é aquele que estabelece metas reais e possíveis, e não há nada mais motivador do que alcançar cada uma das metas e se aproximar de um objetivo.

Por exemplo, um atleta que pretende correr o campeonato brasileiro de atletismo na prova de 400 metros e chagar entre os cinco primeiros deve antes se perguntar em quanto tempo ele quer conquistar esse objetivo.

Para responder a essa pergunta ele deve traçar uma séria de passos ou metas que o levam até seu objetivo maior, quanto mais passos entre sua vontade e a realização do seu objetivo, mais fácil será alcançá-lo.

Esse atleta pode iniciar como primeira meta chegar entre os três primeiros no campeonato regional na prova de 100 metros no final de dois meses. Alcançada essa meta pode se propor outra, agora a prova de 200 metros e posteriormente a de 400 metros, desse modo o atleta estará se habituando com a vivência em competições.

Chegando entre os três primeiros nos 400 metros da prova regional está na hora do atleta experimentar campeonatos mais competitivos, talvez seja o momento de tentar um o estadual. Cumprida as metas até o campeonato estadual, será o momento de se lançar no Brasileiro.

Construir um plano de carreira possibilita ao atleta vivenciar inúmeras conquistas e vitórias antes de atingir seu objetivo maior, e permite também a pensar e rever sua estratégia nas derrotas.

O planejamento deve estar presente em toda a carreira de um atleta, desde um plano macro, como o que foi dito acima, até num plano micro, ou seja, dias antes de uma prova, o que se alimentar, como treinar, o que esperar de uma prova, mas isso é tema para um outro artigo.

Este texto foi escrito por: Marcus Teshainer

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts