Meia maratona: planeje-se e corra em menos de 2h

A meia maratona é uma das etapas para corredores que têm interesse em chegar nos 42k, ou aumentar o volume dos treinos de 10k e 15k. Para correr a distância em 1h59 você deve ter um pace médio de 5min40 por quilômetro. Parece fácil para alguns, mas mantê-lo pode ser um desafio para os que começaram agora.

O treinador Fábio Carvalho, explica que vários fatores fazem com que você chegue mais rápido na marca. “Depende da aptidão de cada um, tempo de corrida, dedicação nos treinos. Cada caso é único, porém a meta é viável então um treinamento feito de forma correta tem garantia de sucesso”, diz.

Para um resultado sub 2h na primeira meia maratona existe a individualidade de cada um Foto: Andrey Popov/Fotolia
Para um resultado sub 2h na primeira meia maratona existe a individualidade de cada um Foto: Andrey Popov/Fotolia

Para bons resultados, o corredor deve se dedicar pelo período mínimo de 3 meses, assim fará uma boa base. Além de aumentar o volume, trabalhar a intensidade e correr de 4 a 5 vezes por semana. “Indico musculação ou funcional para trabalhar outras funções do corpo. O fortalecimento fará toda diferença nos momentos finais da prova, por exemplo, quando a perna começa a pesar nos últimos 5k quem treinou terá mais força, mesmo com o cansaço”.

“Para um resultado sub 2h na primeira prova existe a individualidade de cada um. Tem que ter talento nato para correr, há também a questão da base e o quanto já corre”, explica o treinador. “A dica é começar no ritmo que treinou e segurar até o fim. Não esqueça também de se alimentar direito, comer carboidrato no café da manhã, cerca de 3h antes, e se alimentar bem nos dois dias anteriores”.

 

Lembre-se apesar de ser uma competição, a corrida é feita primeiramente para a diversão. Dê sempre seu melhor e se não conseguir chegar até a meta da primeira vez, tente de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Christina Volpe

Christina Volpe

Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webrun. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, uma corrida acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.

Ver todos os posts