• Corridas de Rua - Plogging: a corrida ecológica trend de 2018

Plogging: a corrida ecológica trend de 2018

A nova trend do universo da corrida é a prática Sueca de correr e juntar os lixos encontrados na rua. A corrida ecológica tem tudo para conquistar o Brasil.

Quem pratica caminhadas ou corridas ao ar livre já deve estar acostumado com a nossa suja paisagem urbana. Infelizmente, quem corre em lugares como parques ou praias também se depara com cena semelhante em meio ao ambiente natural. Por vezes nos acostumamos a ter a lixo como companheiro em nossas rotas diárias. Podemos nos pegar pensado “seria tão bom ter uma forma de recolher o lixo e praticar corrida…” Isso já existe e está mais do que na hora de ganhar o solo brasileiro. Conheça o “plogging”, nova modalidade de corrida ecológica.

Corrida + cuidado com o meio ambiente = plogging | Foto: Reprodução Instagram

Corrida + cuidado com o meio ambiente = plogging | Foto: Reprodução Instagram

Nós do Webrun já te indicamos uma infinidade de Corridas Ecológicas que apoiam causas ambientais e promovem a consciência ambiental É significativo defender essas ações e participar desse eventos, mas hoje a gente vai te apresentar o plogging, uma forma de colocar no nosso cotidiano uma ajudinha ao meio ambiente.

A nova tendência nasceu na Suécia e seu nome vem da união das palavras plocka upp (pegar) + jogging (corrida). A prática é bem simples: você sai para uma corrida ou caminhada e enquanto corre recolhe os dejetos que encontrar pelo caminho. Pode ser papel, plástico, garrafas, latas, pacotes e o que mais foi tristemente abandonado na paisagem. E tudo o que você precisa é de uma sacola para recolher os resíduos, tênis de corrida, uma roupa confortável e luvas se não quiser tocar no lixo.

aaaaaaaaa | Foto: Reprodução Instagram

A modalidade pode ser praticada por toda a família | Foto: Reprodução Instagram

O plogging tem seus primeiros registros no final de 2016 na capital do país, Estocolmo, por Erik Ahlstrom, fundador do movimento. Logo a ação estava conquistando a região escandinava, Alemanha, Inglaterra e migrando de continente. A ideia virou um movimento de grandes proporções: campanhas para a prática pipocaram em diversos países, reunindo grandes grupos que se preocupam com a saúde e o meio ambiente.  No instagram, a tag #plogging tem mais de 3.300 publicações registrando a ação.

Um treino de corrida não pode ser  substituído pela prática de plogging. Segundo o app sueco Lifesum, que incorporou o plogging às modalidades inclusas, 30 minutos de plogging queima 288 calorias enquanto uma corrida queimaria cerca de 235 e uma caminhada por volta de 120. Diferentemente de um treino de corrida comum, o plogging soma corrida há um treino intervalado com outros exercícios específicos para pernas (devido aos agachamentos para recolher os dejetos), alongamentos, treino de braço para carregar os pesos e impulso para voltar à correr. Claro que sempre tomando os devidos cuidados com o peso excessivos das sacolas e com se exercitar da forma correta, para que a prática tão abrangente não se torne maléfica.

“Ele (seu marido) costumava chamar de ‘corridas de lixo’. Há algumas semanas atrás, ele disse “Os suecos tem um nome para suas corridas de lixo”, conta Emily Wright em entrevista para o The Washington Post. A americana praticava o plogging mesmo antes de ter um nome pois se incomodava de ver lixo jogado pela rua. “ Eu não vou apenas deixar o lixo lá. Não vou apenas passar por aquela garrafa de plástico”, completa. Emily faz parte de um grupo maior de pessoas que se não gostam de ver lixo pelas calçadas e decidiram tomar uma atitude. Vocês não acham que tá na hora do plogging chegar em terras brasileiras? Vamos começar a correr e coletar lixo?

Inscreva-se na Amazing Runs Ilha do Mel e corra no paradisíaco litoral de Santa Catarina

 

Comentários

Tags:, , , , , , , , , , , , , , ,
Larissa Santos
Pseudo jornalista da ECA-USP. Meus amigos costumam dizer que sou criativa e uma explosão sentimental. Eles também reclamam de ser atrasada, mas juro que vou melhorar. Mirei em cultura e vim parar em esportes, mas tá tudo bem, eu amo escrever sobre tudo.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade