Corrida x Gravidez: posso correr grávida? Médico faz algumas recomendações

Gravidez e corrida podem se juntar sim, e para o bem! Aquela crença de que grávida deve passar a gestação em repouso não é valida para todas. Muitas, atletas ou não, continuam se exercitando durante este período.

E isso é ótimo, o ginecologista e obstetra Dr. Alberto Guimarães afirma que a corrida é boa nesse momento da vida e traz benefício. “A mulher grávida pode correr, porém, é recomendado que o exercício seja de leve a moderado, ou seja, pode ter atividade física sim, mas é importante lembrar que o objetivo não é a alta performance”, afirma o médico.

Corrida x Gravidez: posso correr grávida? Médico faz algumas recomendações
Foto: Adobe Stock

Segundo o Guimarães, existem muitos benefícios em praticar esta atividade durante a gestação. “A corrida é um bom esporte para o início e um pouco mais da metade da gestação. Na gravidez, o exercício pode melhorar o condicionamento físico da mãe, aliviar dores, estabilizar as variações de humor, dentre outros benefícios.”, explica o médico.

+ Acompanhe o Webrun pelo Instagram!

Mas não se esqueça! Antes de começar a praticar qualquer atividade física é importante que a mãe tenha conversado com um obstetra e esteja liberada para praticar atividades físicas. Caso o médico recomende que a grávida pare de correr, ou ainda, que o seu corpo dê sinais e que estes não sejam respeitados, o parto pode ocorrer prematuramente ou até um aborto, claro que esta avaliação clínica é feita pelo obstetra. Lembrando também que entre as modificações observados na gestação, existe uma frouxidão nos ligamentos das articulações, isso pode levar a instabilidade dos movimentos e eventualmente facilitar lesões articulares, como torção de pé ou joelho.

Dicas do doutor

O obstetra dá algumas dicas para as mamães que querem (e podem!) correr durante a gravidez:

1 – Mantenha-se hidratada durante e após os exercícios
2 – Lembre-se sempre de se alimentar antes da prática de qualquer exercício físico
3 – Use roupas leves
4 – Evite grande aglomerações e locais quentes
5 – Não saia para se exercitar se estiver doente
6 – Pare imediatamente o que estiver fazendo caso sinta tontura
7 – Não tente seu melhor tempo nesse período, não exagere na intensidade dos treinos
8 – O exercício não precisa ser feito todos os dias, tente fazer apenas duas ou três vezes na semana
9 – Sua corrida deve ser de 30 minutos até 1 hora
10 – Comece devagar e aumentes gradativamente a cada dia

+ Clique aqui e escolha sua próxima corrida!

Leia também:

– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?
– Conheça os principais benefícios da caminhada para a saúde
– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts