Pound: conheça o treino e seus benefícios para a corrida

Foto: Allan CM, Pleni Studio
Foto: Allan CM, Pleni Studio

Não é todo mundo que tem gosto em se exercitar ao livre ou frequentar academias, por isso, cada vez mais surgem opções diferentes a fim de estimular a prática de alguma atividade física. O Pound é uma delas, o modelo de treino, criado nos Estados Unidos e inspirado nos movimentos de tocar bateria, vem tornando-se uma alternativa para quem deseja malhar e se divertir ao mesmo tempo. Conheça um pouco:

O que é?

O Pound é um treino que une movimentos de tocar bateria com treinamento cardio, exercícios de alta intensidade, yoga e pilates. Com as baquetas Ripstix, que possuem o dobro do peso das comuns, a pessoa movimenta os braços como se estivesse realmente tocando o instrumento. A prática foi criada em 2011 pelas norte americanas Kristen Potenza e Cristina Peereenboom.

Como funciona?

O Pound trabalha os músculos de forma global nos movimentos realizados nas aulas, enfatizando o condicionamento físico e cardiovascular, além de fortalecer as articulações, prevenindo lesões. Há ênfase em trabalhos de resistência muscular e estabilização para abdômen, pernas e braços.

Quais os benefícios?

Lucy Miyuki, precursora das aulas de Pound no Brasil da Fitness Care, salienta os benefícios que o modelo de treino proporciona. “A modalidade possibilita trabalhar o corpo todo, exercitando os músculos de forma global durante os treinos. Em apenas uma aula, que dura em média de 45 a 60 minutos, é possível perder até 900 calorias além de obter ganho e definição muscular”, explica.

E complementa: “além da saúde física, os treinos trazem melhorias para a mente. Favorece a concentração e o foco, diminui estresse e ansiedade, contribui com habilidades cognitivas, entre outras benfeitorias”. Por ser um treino acompanhado de música, no estilo rock and roll, o ritmo se mantém progressivo e as aulas são sempre animadas.

Foto: Allan CM, Pleni StudioFoto: Allan CM, Pleni Studio

Inscreva-se para a I Maratona de Sorocaba Novembro Azul!

E para a corrida?

Listando os principais músculos utilizados na corrida que envolvem os membros inferiores como o glúteo, quadríceps, posterior de coxa e a panturrilha e de membros superiores como bíceps e deltoides, as aulas de Pound como sendo na sua totalidade um treinamento que se enquadra no sistema aeróbico, ele poderia entrar para somar nos treinos de corrida.

Como são as aulas?

As aulas iniciam com o aquecimento, onde são realizados movimentos simples ao som de músicas com menor intensidade, para facilitar o processo de aprendizagem e adaptação às baquetas Ripstix. Já na parte principal a intensidade da música aumenta, assim como os movimentos, que passam a trabalhar os membros superiores e inferiores.

Quem pode fazer?

Não há restrições físicas ou de idade para a prática do Pound, porém, é necessário realizar avaliação com um profissional certificado, antes de ingressar no treino. “Queremos contribuir com o bem estar e saúde de pessoas em todas as faixas etárias. Oferecemos não somente exercícios, mas também diversão, musicalidade e motivação para a prática de atividades físicas”, conclui Lucy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carolina Abrantes

Carolina Abrantes

Estudante de jornalismo, já metida a repórter. Encantada pelo mundo dos esportes e pela forma como eles podem mudar a vida das pessoas.

Ver todos os posts