Pré-treino: entenda por que consumir no seu dia a dia

A construção de uma rotina intensa de treinos está muito além de seguir a série de exercícios físicos. Para que o nosso corpo tenha um bom desempenho e atinja a performance necessária, é preciso adequar também a alimentação e a suplementação, de modo que, acompanhados, ofereçam energia para que se tenha um ótimo desempenho na performance. Nesse sentido, os chamados pré-treinos, que contém concentração de vitaminas e energizantes, como taurina e cafeína, contribuem com a adequação da ingestão de nutrientes e ainda auxiliam na ação direta na melhora do desempenho.

Pré-treino: entenda por que consumir no seu dia a dia
Foto: Adobe Stock

Você sabe por que incluir um pré-treino na sua dieta? A nutricionista e consultora da New Millen, Bruna Nogueira nos ajudou a responder essa pergunta. Confira:

Incluir um pré-treino de alta concentração de nutrientes à sua alimentação favorece em aspectos como: a diminuição da fadiga, aumento da disposição, força e recuperação muscular. Bruna explica que “a inclusão de um pré-treino reforçado na rotina de praticantes exercícios físicos moderados e atletas auxiliam na melhora da resistência muscular, do tempo de corrida até a exaustão e da produção de força, além de melhorias nas sensações subjetivas de energia e foco”.

+ Faça sua inscrição para sua próxima corrida de rua aqui!
+ Participe de um desafio virtual.

Além disso, o pré-treino é um excelente aliado para quem está seguindo o chamado timing nutricional, termo popular na nutrição esportiva, em que os atletas têm um horário adequado no dia para ingerir nutrientes especificados pelo nutricionista, buscando favorecer o aumento de massa, desempenho e da recuperação muscular e, consequentemente, melhora a performance física. “O pré-treino é um momento importantíssimo a ser incluído, já que é um período crítico para potencializar o desempenho durante o treino”, ressalta a nutricionista.

Na hora de escolher o suplemento para o pré-treino, Bruna alerta para a composição desses produtos, uma vez que, além dos já conhecidos carboidratos e proteínas, os ativos ergogênicos e micronutrientes também exercem efeitos benéficos nos objetivos desejados. “Atente-se para a concentração e a combinação dos ativos e nutrientes. Alguns dos principais são a beta-alanina, a arginina, a cafeína e micronutrientes, como as vitaminas do complexo B e o zinco.”

Leia também:

– Alimentação pré e pós treino: o que consumir?
– Exercícios para manter o core fortalecido
– 6 dicas para começar adotar hábitos saudáveis 
– Má postura no exercício ou no dia a dia? Dor no ombro ao correr? Confira as dicas do ortopedista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts