Primeiro os idosos

Oswaldo Silveira (de vermelho)  73  correu os 10 Km de Indaiatuba com subidas e temperatura de 33 graus para 51 minutos. (foto: Harry Thomas Jr Arquivo WebRun)
Oswaldo Silveira (de vermelho) 73 correu os 10 Km de Indaiatuba com subidas e temperatura de 33 graus para 51 minutos. (foto: Harry Thomas Jr Arquivo WebRun)

Está chegando o fim de ano e o número de provas pedestres cresce em todas as regiões da grande São Paulo, Interior e outros estados do Brasil. Somente no Estado de São Paulo, no sábado e domingo passados, foram realizadas mais de seis provas.
No último mês, tanto se falou do Estatuto do Idoso e na criação de benefícios para os mesmos. É sabido que o Brasil já não é um país tão jovem, como há alguns anos. Hoje, nas corridas de rua, concentra-se um grande público nas categorias acima dos 60 anos, pessoas entusiasmadas que chegam a viajar por várias horas de ônibus ou de carro pelo simples prazer de participar do evento, ou mesmo pelo turismo e oportunidade de conhecer outras cidades e pessoas.

Pacientes, após as provas, esperam a sua vez na hora da premiação, que sempre começa pelas categorias juvenis. Em competições com mais de 5 mil participantes, haja paciência!

Os organizadores dos eventos esportivos, em respeito aos idosos, poderiam começar pela categoria dos 60 anos.

Não existe nada na regra que impeça tal procedimento. É uma questão de respeito e valorização por quem já fez muito e continua fazendo, levando alegria, saúde e exemplo de vida ao participar das competições.

Os anos passam rápido e já estou na fase dos entas e começo a minha preparação para chegar na Terceira Idade com a mesma disposição e jovialidade dos amigos corredores, como o Luiz Gonzaga Carvalho, músico e empresário de 61 anos, bicampeão sul-americano dos 21 Km, com 1h23. Ou, por exemplo, do maître Oswaldo Silveira, de 73 anos, que acaba de lançar o livro ‘Bastidores da Gastronomia’ e, neste domingo, na cidade de Indaiatuba, correu os 10 Km com subidas e temperatura de 33 graus para 51 minutos. Ou da popular dona Mitiko Nakatani, de 71 anos, recordista brasileira dos 5 mil metros de marcha atletica e dos 10 mil metros de corrida em pista. Mitiko irá festejar os seus 50 anos de casamento correndo a Maratona de Paris de 2004 e, nos próximos dias, estará participando do programa Jô Soares, na TV Globo.

Pense nisso, você também será um idoso. Por respeito e valorização, nas próximas corridas, diga: “primeiro, os idosos!”

Este texto foi escrito por: Wandelei de Oliveira

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts