Queniano corre Circuito Caixa em Ribeirão Preto

James vem com vontade de desbancar os brasileiros (foto: Gabriel Barbosa/ www.webrun.com.br)
James vem com vontade de desbancar os brasileiros (foto: Gabriel Barbosa/ www.webrun.com.br)

Neste domingo acontece mais uma etapa do Circuito Caixa, dessa vez na cidade de Ribeirão Preto, interior do Estado de São Paulo. Além de vários corredores de elite do Brasil, os 10 quilômetros da competição terão participação do queniano James Kipkemboi Rotich, que fará sua estréia no evento.

Aos 25 anos, James vem de um treinamento em Paipa, na Colômbia, onde há dois meses usa a altitude como o diferencial no seu condicionamento. “Essa será a primeira corrida depois dessa preparação. Com certeza, ele estará muito competitivo para a prova”, explica o técnico Jorge Luís da Silva. Após a disputa de Ribeirão ele se concentrará em Campos do Jordão para as próximas etapas do Circuito.

“Depois da Caixa ele ficará focado para a Volta da Pampulha e principalmente para a São Silvestre, que é o seu maior objetivo do ano”, conta o técnico, que também confirmou a presença de mais seis africanos nas duas últimas corridas da organizadora. Entre os resultados expressivos do queniano em provas de 10 quilômetros, ele tem o quarto lugar na Maratona de Hamburgo em 2006 (2h09); os vice-campeonatos no Rio Cali Colômbia e no Ambato Equador em 2006, a terceira colocação no Cirardet Colômbia e a quinta na Prova Rústica São José, em Campo Mourão, ambas este ano.

Outras etapas – Após Ribeirão Preto, o Circuito Caixa passará por São Paulo, no dia sete de outubro e Curitiba, no dia 11 de novembro. O padrinho da etapa deste domingo será Édson Luciano Ribeiro, integrante da seleção brasileira no revezamento 4x100m e medalha de prata na Olimpíada de Sydney, em 2000. Ele fará a entrega dos prêmios aos primeiros colocados masculino e feminino.

Edson foi integrante da seleção no Campeonato Mundial de Gotemburgo (Suécia), em 1995 e seus melhores resultados foram as medalhas olímpicas de bronze em Atlanta/ 1996 e de prata em Sydney/ 2000. O seu melhor tempo individual nos 100 metros é de 10seg14, obtido no Ibero-Americano de Lisboa, em 1998.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts