Quenianos levam a melhor no Troféu SP

A briga entre brasileiros e quenianos foi intensa (foto: Alexandre Koda/ webrun)
A briga entre brasileiros e quenianos foi intensa (foto: Alexandre Koda/ webrun)

25 de janeiro, aniversário de São Paulo, termômetros do Parque do Ibirapuera registrando 22ºC às 8h da manhã. Esse foi o cenário do Troféu Cidade de São Paulo, a primeira etapa do Circuito Banco Real de Corridas de Rua, que teve 10 mil inscritos.

No masculino, muitos atletas formavam um único pelotão à frente, com a liderança de quenianos e com alguns brasileiros logo atrás, como Elenílson da Silva e Geovane de Jesus. Eles passaram pelo primeiro quilômetro com um tempo de 2min57seg.

A partir da metade da prova, os quenianos começaram a imprimir um ritmo mais forte e foram deixando os brasileiros para trás. Porém, no quilômetro oito, Ubiratan José dos Santos ainda tinha forças pra resistir e foi atrás dos estrangeiros. Na linha de chegada, Mathew Cheboi do Quênia cruzou em primeiro com o tempo de 29min13seg. Logo em seguida passou Ubiratan, com 29min18seg.

O pódio ficou completo com a passagem do queniano Elijah Kipekemboi Yator, com o tempo de 29min30seg e dos irmãos gêmeos Luís Fernando e Paulo Roberto Almeida Paula, que cruzaram com 29min41seg e 29min53seg, respectivamente.

Ubiratan José dos Santos foi o melhor brasileiro e disse que foi complicado ir atrás dos quenianos. “Eu apertei a partir do quilômetro oito e fiz uma boa prova. Estou contente com a minha colocação”.

Já Geovane de Jesus, que ficou na sexta colocação, conta como foi a prova pra ele: “Pra mim está ótimo, fiquei com a sexta colocação e ainda baixei meu tempo. Tentei chegar em quarto, mas não deu”.

Este texto foi escrito por: Alexandre Koda

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts