Quenianos ganham prêmio de US$50.000 por quebrar recorde nos EUA

Na última quinta-feira, os atletas do Quênia, Brigid Kosgei e Rhonex Kipruto foram motivados a quebrar o recorde da 50ª Peachtree Road Race 10K, em Atlanta, nos Estados Unidos, em troca de um prêmio no valor de US$50.000 dólares.

+ Garanta a inscrição para o seu próximo desafio aqui!

Kosgei, atual campeã das maratonas de Londres e de Chicago, concluiu o percurso em 30:22, a 10 segundos do recorde estabelecido em 2002 por Lornah Kiplagat de 30:32. Kipruto, detentor do título de campeão mundial Sub-20 nos 10K, cruzou a linha de chegada em 27:01, 3 segundos mais rápido do que o antigo recorde da prova, de 27:04, de Joseph Kimani, em 1996. Ambos os atletas também foram premiados com US$ 8.000 como campeões de corrida.

Na categoria corrida de cadeira de rodas, os vencedores também quebraram recordes e levaram o prêmio de US$50.000 para casa. Foram eles Daniel Romanchuck (18:11) e Manuela Schar (21:28).

View this post on Instagram

An historic day for racing and a historic day for the 50th Running of the #AJCPeachtreeRoadRace. All four event records were shattered! The $200,000 event bonus prize purse has been claimed with each one of these athletes going home with $50,000! For the men, Rhonex Kipruto now owns the new event record of 27:01. The 19-year-old broke Joseph Kimani's previous 1996 record of 27:04. It was Brigid Kosegi who took down the women's event record with a thrilling spint to the finish against Agnes Tirop and Fancy Chemutai. Kosgei came across the finish in 30:21 breaking Lornah Kiplagat's previous 2002 time of 30:32. In the Shepherd Center Wheeler Division, Daniel Romanchuk earns his third event title in a row with his lightning fast 18:11 finish breaking the previous event record set by Saul Mendoza in 2004 of 18:38. And for the women, Manuela Schar came out on top after a three-woman sprint to the finish in a time of 21:28. Susannah Scaroni and Tatyana McFadden were not far behind her, but it was Schar that set the newest event record since Edith Hunkelers' 2009 record of 22:09. This is a day in Peachtree history we won't soon forget! Photos Cred: Elite Men and Women, Victah Sailor Wheelchair Men and Women, Paul Ward Read an event recap and learn more here: http://bit.ly/AJCPRRRecordsFall

A post shared by atlantatrackclub (@atlantatrackclub) on

A luta na corrida feminina foi intensa, e Brigid teve que lutar até a linha de chegada para conseguir a vitória e o prêmio. Até o sexto quilômetro, mais três quenianas formavam o pelotão de frente, Fancy Chemutai, Agnes Tirop e Caroline Chepkoech Kipkirui.

Tirop foi a primeira a cair quando Kosgei acelerou, com 26 minutos e 45 segundos no cronômetro da corrida. Olhando para trás algumas vezes, ela continuou a pressionar o ritmo e pareceu se afastar para tentar o recorde sozinha.

Dois minutos depois, Kosgei diminuiu o ritmo, e foi a chance perfeita para Fancy e Agnes assumirem a ponta. Brigid encontrou energia extra e voltou à luta. Usando as descidas do percurso antes do final, ela aumentou seu ritmo e ficou ombro a ombro disputando a primeira colocação com Agnes Tirop. Na linha de chegada, Kosgei deu um passo a frente, mas ambas receberam tempo de 30:22. Chemutai acabou em terceiro, com 30:32.

Na corrida masculina, Kipruto correu contra o relógio e o recorde. Mas, assim a vencedora da prova feminina, queniano aproveitou a descida do Piedmont Park. Correndo para a linha de chegada, ele conseguiu o recorde e correu o tempo mais rápido para os 10K no solo dos EUA.

O irmão do vencedor terminou na segunda colocação, com um tempo de 27:31 e Kennedy Kimutai, outro queniano, terminou em terceiro, com 27:56.

+ Teste seu melhor tempo nos 10K na Asics Golden Run Sprint 10K!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts