Radcliffe faz exame para diagnosticar lesão no quadril

Radcliffe tenta superar lesão para ir a Pequim (foto: Donata Lustosa/ www.webrun.com.br)
Radcliffe tenta superar lesão para ir a Pequim (foto: Donata Lustosa/ www.webrun.com.br)

A britânica Paula Radcliffe fará uma ressonância magnética nesta quarta-feira para verificar a intensidade da lesão em seu quadril, que a obrigou a andar de muletas. A recordista mundial de maratonas está no time olímpico de seu País e espera poder voltar aos treinos o mais rápido possível.

“Pequenos contratempos como este apenas me fortalecem ainda mais para que eu chegue à minha melhor forma”, comenta Radcliffe. A atleta de 34 anos não participou da Maratona de Londres devido a uma ferida no dedo e agora corre contra o tempo para se preparar para os jogos em agosto.

“Obviamente a olimpíada é extremamente importante para mim”, ressalta a atleta que terá a companhia de Mara Yamauchi e Liz Yelling na disputa em Pequim. Na Olimpíada de Atenas 2004 ela não completou a prova e, apesar de ter vencido a Maratona de Nova York em novembro do ano passado, este ano já interrompeu os treinos anteriormente devido ao problema no dedo.

David Bedford, diretor da Maratona de Londres, afirma que caso ela não consiga voltar rapidamente ao ritmo de treinos, deve considerar a possibilidade de não ir aos jogos. “A não ser que Paula esteja 95% de sua melhor forma, ela não deve ir a Pequim, considerando a competitividade da prova e as condições climáticas”. Ainda segundo ele, a solução seria pensar na Olimpíada de 2012 em Londres.

Este texto foi escrito por: Webrun

Redação Webrun

Redação Webrun

Releases, matérias elaboradas em equipe e inspirações coletivas na produção de conteúdo!

Ver todos os posts