• Saúde - Qual a relação entre varizes e corrida? Tire suas dúvidas

Qual a relação entre varizes e corrida? Tire suas dúvidas

Muito temidas, principalmente por mulheres, as varizes costumam incomodar esteticamente, mas também preocupam quando relacionadas a saúde. No mundo da corrida, não é diferente. Muitos atletas, sejam homens ou mulheres, não se sentem confortáveis quando vêem que “algo estranho” está habitando em suas pernas.

+ Não perca nenhuma! Conheça aqui o seu calendário completo de corridas de rua!

O médico especialista em dor e acupuntura, Dr. Marcus Yu Bin Pai, explica que as varizes ocorrem pela dilatação e perda de função da veia como válvula. Assim, o sangue que deveria retornar para o coração, acumula no tornozelo e pé, gerando inchaço e dor. A musculatura da panturrilha funciona como uma válvula que permite este retorno venoso.

Qual a relação entre varizes e corrida? Tire suas dúvidas

Foto: Adobe Stock

O especialista afirma que o problema é mais comum em mulheres do que homens, mas nos corredores, existe uma prevalência similar. As causas podem ser diferentes para ambos os gêneros. Nas mulheres, é comum uma maior propensão por fatores hormonais. Já nos homens, fatores genéticos, ou a idade podem ser determinantes.

A relação entre varizes e corrida

Para quem pratica corridas regularmente, a notícia é muito boa. Por se tratar de um exercício dinâmico, que envolve contrações repetitivas na musculatura da perna, principalmente da panturrilha, o exercício tem efeito benéfico e pode prevenir varizes.

Para quem pretende começar a correr para auxiliar o tratamento, existem também outras atividades preventivas. “Exercícios como o elíptico e escadas podem sim ajudar. Modalidades como a natação também ativam bastante a panturrilha, gerando um efeito de manter o tônus muscular, permitindo a função adequada da panturrilha”, comenta Marcus.

Como é feito o tratamento?

O tratamento de varizes irá depender da fase e do grau das lesões. “Pode envolver laser e cirurgia principalmente, em casos mais crônicos ou incômodos. Há casos em que pode ocorrer a flebite, processo inflamatório mais severo, que pode ocorrer nos vasos, resultando em pernas inchadas, doloridas, quentes e avermelhadas. Neste caso, é necessário um tratamento médico mais urgente”, explica o especialista.

+ Clique aqui e conheça a Sonic Run 2020!

As meias de compressão de boa qualidade podem ajudar, por ajudar a tratar os sintomas e evitar progressão das varizes. É importante lembrar que funcionam apenas para prevenção ou em casos leves para alívio dos sintomas, não evitando cirurgia ou outros procedimentos para casos mais crônicos. Além de auxiliar corredores, as meias também podem auxiliar casos onde a profissão é um fator de risco, principalmente para quem fica de pé por muitas horas no dia, como médicos ou dentistas.

*Fonte: Dr. Marcus Yu Bin Pai, Fisiatra, Médico especialista em Dor e Acupuntura, e pesquisador da Faculdade de Medicina da USP.

Comentários

Tags:, , , ,
Leonardo Boscolo
Sou um apaixonado por esportes e aspirante a corredor. Um jornalista que vê na corrida um mundo de objetivos a serem alcançados, realizações pessoais e a oportunidade de se tornar cada dia uma pessoa melhor.
Publicidade

Calculadoras Webrun

Publicidade